EUA detalham novo apoio de até US$ 14 bilhões para agricultores | Agronegócios

0
20


O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) divulgou nesta sexta-feira (18) os detalhes de uma segunda rodada de auxílios a agricultores por causa da pandemia de Covid-19, com o pagamento de até US$ 14 bilhões a produtores que cultivam grandes safras como milho, soja e trigo, bem como gado, laticínios e tabaco.

O presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou a assistência na noite de quinta-feira, durante um comício em Wisconsin, Estado decisivo nas eleições.

Em 2016, os agricultores constituíram uma ampla base de apoio a Trump.

O auxílio vem depois de um programa de US$ 19 bilhões anunciado em abril para ajudar os agricultores em meio às interrupções na cadeia de oferta e à queda na demanda de restaurantes durante a pandemia. Até o momento, menos de 10 bilhões de dólares foram pagos.

“Ouvimos o retorno recebido de agricultores, pecuaristas e organizações agrícolas sobre o impacto da pandemia sobre os produtores rurais da nossa nação, e desenvolvemos um programa para melhor atender às necessidades daqueles impactados”, disse o secretário de Agricultura, Sonny Perdue, em comunicado.

Com base nas últimas projeções do governo para as safras, os agricultores poderão receber cerca de US$ 0,23 por bushel de milho, ou US$ 3,427 bilhões, além de US$ 0,31 por bushel de soja, ou US$ 1,337 bilhão, segundo análise realizada pela Reuters de cifras do USDA e da American Farm Bureau Federation.

O programa também permite que produtores rurais se inscrevam para um auxílio de US$ 15 por acre para importantes safras como milho, soja e trigo.

VÍDEOS: tudo sobre agronegócios



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui