Elon Musk: o que é a Síndrome de Asperger, que o CEO da Tesla revelou ter | Ciência e Saúde

0
14


Aos 49 anos, o CEO da Tesla disse aos telespectadores que foi “a primeira pessoa com Asperger” a apresentar o programa, e foi aplaudido pelo público.

Pessoas com síndrome de Asperger interpretam o ambiente ao seu redor de forma diferente para outras pessoas.

Elon Musk foi apresentador convidado do show de esquetes — uma posição cobiçada, que já foi preenchida por uma série de celebridades desde o início do programa na década de 1970, como Adele, Chris Rock, Ringo Starr e Will Ferrell.

“Eu nem sempre tenho muita entonação ou variação em como eu falo… o que me disseram que é bom para fazer comédia”, brincou Musk, em sua fala de abertura. “Na verdade, estou fazendo história esta noite como a primeira pessoa com Asperger a apresentar o Saturday Night Live.”

A fala gerou uma onda de palmas da plateia do estúdio, mas o conteúdo dela foi questionado nas redes sociais. Alguns apontaram que o comediante Dan Aykroyd, que falou publicamente sobre sua experiência com síndrome de Tourette e Asperger, já havia apresentado o programa.

Musk, que tem mais de 53 milhões de seguidores no Twitter, também fez piada sobre o uso das redes sociais. Ele já enfrentou críticas e até ameaças legais por causa de seus tuítes no passado.

Em 2020, ele passou a usar as redes sociais para questionar a gravidade da pandemia de coronavírus e combater as medidas de distanciamento social impostas pelas autoridades da Califórnia, onde está a sede de sua fábrica de carros.

“Olha, eu sei que às vezes digo ou posto coisas estranhas, mas é assim que meu cérebro funciona”, disse ele. “Para qualquer um que tenha ficado ofendido, só quero dizer que reinventei os carros elétricos e estou mandando pessoas para Marte em um foguete. Você achou que eu também seria um cara normal e tranquilo?”

Outro caso recente que chamou atenção foi o da jovem ativista climática sueca Greta Thunberg, diagnosticada com a síndrome de Asperger e que demonstrou grande habilidade em galvanizar o público em torno de sua causa. Ela foi nomeada para o Prémio Nobel da Paz de 2020.

O que é a síndrome de Asperger?

  • A síndrome de Asperger é uma condição vitalícia que afeta as pessoas de muitas maneiras diferentes
  • Alguns optam por continuar usando o termo síndrome de Asperger, enquanto outros preferem se referir a si mesmos como autistas ou no espectro autista
  • Pessoas com a síndrome podem ter dificuldade em interpretar a linguagem verbal e não verbal e podem precisar de mais tempo para processar informações
  • Também podem ter problemas para expressar seus sentimentos de forma convencional. Mas podem ser mais empáticos ou emocionalmente conscientes do que pessoas não autistas
  • Muitas pessoas com síndrome de Asperger têm interesses intensos e altamente focados — alguns os direcionam para uma carreira de sucesso

Transtorno do Espectro do Autismo

A Síndrome de Asperger faz parte do chamado Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).

Segundo o Ministério da Saúde do Brasil, “pessoas com Asperger geralmente processam detalhes adicionais ao seu redor e possuem grandes habilidades em observação e ordem detalhadas, processando muito mais os sentidos, fazendo com que cores, sons, cheiros e sentimentos pareçam mais brilhantes, mais altos e mais fortes”.

Autismo: a importância da inclusão

Autismo: a importância da inclusão

Além da Síndrome de Asperger, o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) reúne desordens do desenvolvimento neurológico presentes desde o nascimento ou começo da infância, como Autismo Infantil, Autismo de Kanner, Autismo de Alto Funcionamento, Autismo Atípico, Transtorno Global do Desenvolvimento sem outra especificação e Transtorno Desintegrativo da Infância.

E quais são os sintomas de uma criança no espectro autista?

O Ministério da Saúde aponta que, geralmente, a criança apresenta os seguintes sintomas:

  • dificuldade para interagir socialmente, como manter o contato visual, expressão facial, gestos, expressar as próprias emoções e fazer amigos
  • dificuldade na comunicação, optando pelo uso repetitivo da linguagem e bloqueios para começar e manter um diálogo
  • alterações comportamentais, como manias, apego excessivo a rotinas, ações repetitivas, interesse intenso em coisas específicas, dificuldade de imaginação e sensibilidade sensorial

O ministério aponta, ainda, que “a diferença entre os transtornos é o grau, dentro do espectro autista, já que é possível ter pessoas com TEA com apenas pequenas dificuldades de socialização até indivíduos com afastamento social, deficiência intelectual e dependência de cuidados ao longo da vida”.

Nome do filho: X Æ A-12 Musk

Durante o programa, o bilionário também brincou sobre o nome incomum do filho — ele e a cantora canadense Grimes anunciaram o nascimento de seu primeiro filho, X Æ A-12 Musk, no ano passado. “A pronúncia é como um gato correndo pelo teclado”, disse Musk.

Ainda no programa de TV, o CEO da SpaceX falou sobre a criptomoeda Dogecoin.

Musk e a cantora canadense Grimes anunciaram o nascimento de seu primeiro filho, X Æ A-12 Musk, no ano passado — Foto: Getty Images via BBC

A moeda foi criada em 2013 por dois profissionais de software e, no início deste ano, seu valor aumentou 50% depois que Musk a apelidou de “a criptomoeda do povo”. Ela usa um cachorro Shiba Inu como mascote e é baseada em um meme que caracteriza o animal.

Musk descreveu a moeda como “um veículo imparável que vai dominar o mundo”, mas depois disse que uma “confusão” provocou uma queda quase imediata no valor.

Sem nenhum valor intrínseco como ouro ou propriedade, e sem capacidade de gerar renda, as criptomoedas são extremamente voláteis e podem perder valor tão rápido quanto sobem. Isso as torna difíceis de avaliar e torna seus preços suscetíveis a falas de apoiadores como Musk.

A NBC, responsável pela transmissão do programa, disse que o episódio foi transmitido ao vivo no YouTube para mais de 100 países.

VÍDEOS: Mais assistidos do G1 nos últimos dias



Fonte: G1