Elfa, do Patria, compra Descarpack por R$942 milhões

0
12


Por Aluisio Alves

SÃO PAULO (Reuters) – A fornecedora de medicamentos e insumos de saúde Elfa anunciou nesta segunda-feira a compra da produtora de descartáveis hospitalares Descarpack, numa operação de 942 milhões de reais que será paga em dinheiro e ações.

O anúncio ocorre enquanto a Elfa, controlada pelo Patria Investimentos, avalia as condições de mercado para levar adiante uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), que tentou pela primeira vez no ano passado, mas teve que suspender devido às condições adversas do mercado financeiro.

A Elfa distribui medicamentos, produtos ortopédicos e hospitalares de alta complexidade, como para tratamento de pacientes com câncer. Criada em 1989, a companhia entrou nos últimos anos num ritmo de crescimento via aquisições desde a entrada do Patria, que detém cerca de 85% do capital. Nos últimos anos, foram 19 aquisições. A companhia afirma atender cerca de 7 mil hospitais, 250 mil clínicas e 700 planos de saúde no país.

Agora, com a compra da Descarpack, empresa catarinense que fornece luvas e máscaras cirúrgicas e seringas, deve elevar seu faturamento anual em cerca de 1,1 bilhão de reais, para 7,5 bilhões.

“A aquisição faz parte do nosso objetivo de ser ‘one stop shop’ para clientes institucionais do setor de saúde”, disse o presidente da Elfa, José Vieira, em entrevista à Reuters.

Segundo o executivo, a companhia enxerga muitas novas possibilidades de aquisições no país, dado que estima ter apenas 11% do mercado no qual atua e há possibilidades grandes de consolidação no horizonte.

“Ainda estamos distantes do nosso trabalho estar finalizado”, acrescentou Vieira, acrescentando que, independente de um IPO ser levado adiante, a companhia tem recursos disponíveis para pagar a parcela em dinheiro da compra da Descarpack.










Fonte:
Mix Vale