Economia europeia cresce 2,2% no 2º trimestre e bloco sai da recessão – Notícias

0
14





A economia da zona do euro cresceu 2,2% no segundo trimestre, na comparação com o período entre janeiro e março, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (7) pela Eurostat.


A publicação revisa os dados publicados em agosto, que apontavam para um salto de 2% no PIB (Produto Interno Bruto) dos 19 países que partilham a moeda única em relação aos três primeiros meses de 2021.


Com a atualização, a zona do euro e a UE (União Europeia) deixaram a recessão técnica registrada entre os meses janeiro e março, quando a economia local encolheu 0.3% e registrou duas quedas trimestrais consecutivas do PIB.





Na comparação anual, o PIB da zona do euro aumentou 14,3% em relação com o mesmo período de 2020. No primeiro trimestre, a área amargou uma queda de 1,2% no PIB na mesma base de comparação.


Entre os países que integram o bloco, a Irlanda apresentou o maior salto do PIB no segundo trimestre, de 6,3%. Na sequência, aparecem Portugal (+4,9%), Letónia (+4,4%) e Estónia (+4,3%). Por outro lado, as maiores perdas foram contabilizadas em Malta (-0.5%) e na Croácia (-0.2%).


Entre as maiores economias presentes na zona do euro, os maiores aumentos do PIB no período entre abril e junho ocorreram na Itália (2,7%), Alemanha (1,6%) e na França (1,1%).


Segundo os dados da Eurostat, o desempenho econômico do bloco ocorreu com a alta de 3,7% no consumo das famílias, o que representa uma contribuição de 1,9 pontos percentuais para a evolução global do PIB local.


Também foram apresentados crescimentos do investimento empresarial e das despesas públicas da zona do euro no segundo trimestre. A contribuição do comércio exterior foi praticamente nula e a da variação dos estoques foi ligeiramente negativa no período.





Fonte: R7