Dólar opera em queda em dia de recuperação dos mercados externos | Economia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


O dólar abriu em queda nesta sexta-feira (13), em dia de maior otimismo nos mercados internacionais, com recuperação das criptomoedas.

Às 9h02, a moeda norte-americana recuava 0,21%, vendida a R$ 5,1287. Veja mais cotações.

Na quinta-feira, o dólar fechou em queda de 0,09%, a R$ 5,1395. Com o resultado, passou a acumular avanço de 3,99% no mês. No ano, ainda tem queda de 7,81% frente ao real.

Entenda o que faz o dólar subir ou descer

O que está mexendo com os mercados?

Os mercados internacionais operam em alta nesta sexta, mas ainda guiados por temores de uma desaceleração econômica global em meio a perspectivas de altas mais fortes dos juros pelo mundo para conter a inflação.

Juros mais altos nos EUA tornam os investimentos em títulos do tesouro norte-americano (treasuries) mais rentáveis, valorizando o dólar frente a outras moedas e drenando liquidez de países emergentes como o Brasil.

Na China, as bolsas fecharam em alta nesta sexta, após Xangai dizer que busca deter neste mês a propagação da Covid-19 em áreas fora de suas zonas de quarentena rigorosamente regulamentadas, enquanto as promessas das autoridades de sustentar a economia também ajudaram o sentimento.

Mesmo liderando o ranking mundial de juros reais, o real tem sido uma das moedas mais penalizadas pela recente debandada de recursos aplicados em ativos e mercados considerados mais arriscados.

Por aqui, o IBGE divulgou mais cedo que o desemprego ficou estável em 26 das unidades da federação no primeiro trimestre. A única queda aconteceu no Amapá, onde a taxa recuou 3,3 pontos percentuais, para 14,2%.

Qualidade das vagas novas de emprego piora no Brasil

Qualidade das vagas novas de emprego piora no Brasil



Fonte:G1