Dólar opera em alta, negociado ao redor de R$ 5,30 | Economia

0
7


O dólar opera em alta nesta segunda-feira (17), acompanhando o desempenho internacional da divisa norte-americana em sessão marcada pela aversão a risco no exterior em meio a temores sobre a disseminação da Covid-19 e dados fracos da China.

Às 9h29, a moeda norte-americana subia 0,49%, cotada a R$ 5,2963. Veja cotações.

Na sexta-feira, o dólar fechou em queda de 0,78%, a R$ 5,2705, mas acumulou avanço de 0,83% na semana. Na parcial do mês, tem queda de 2,96%. No ano, a alta é de 1,61%.

No exterior, dados da China abaixo do esperado e um ressurgimento de casos de Covid-19 em alguns países asiáticos superavam o otimismo sobre a reabertura da economia britânica.

O crescimento da produção industrial da China desacelerou em abril e as vendas no varejo ficaram bem abaixo das expectativas, com as autoridades alertando para novos desafios que afetam a recuperação na segunda maior economia do mundo.

Por aqui, o Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) registrou alta de 3,24% em maio, depois de subir 1,58% no mês anterior, pressionado pelos preços do atacado, mostrou a Fundação Getulio Vargas. Com o resultado, o índice acumula alta de 12,70% no ano e de 35,91% em 12 meses.

Os analistas do mercado financeiro elevaram a estimativa de inflação em 2021, de 5,06% para 5,15%, segundo pesquisa Focus divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central. O mercado manteve em 5,50% ao ano a previsão para a taxa básica de juros (Selic) no fim de 2021. Para o fim de 2022, a expectativa passou de 6,25% para 6,50% ao ano.

Já a projeção para a taxa de câmbio no fim do ano recuou de R$ 5,35 para R$ 5,30. Para o fim de 2022, caiu de R$ 5,40 para R$ 5,35 por dólar.

Na cena política, as atenções seguem voltadas para a CPI da Covid do Senado, que apura ações e omissões do governo federal durante a pandemia e fiscaliza eventuais desvios de recursos por parte de governadores e prefeitos. Saiba o que aconteceu na comissão até aqui.

CPI da Covid: entenda o que aconteceu até o momento e relembre CPIs marcantes

CPI da Covid: entenda o que aconteceu até o momento e relembre CPIs marcantes

Variação do dólar em 2021 — Foto: Economia G1



Fonte: G1