Dólar fecha na mínima em dois meses, cotado a R$ 5,33 | Economia

0
10


O dólar fechou novamente em queda de 1,99% nesta terça-feira (17), cotado a R$ 5,33, acompanhando a fraqueza da moeda norte-americana no exterior. O valor é o menor em dois meses.

No Brasil, as atenções se voltaram para a retomada dos trabalhos no Congresso Nacional.

Com o resultado, passou a acumular queda de 7,11% na parcial de novembro, mas ainda tem alta de 32,92% no ano. Na mínima do dia, chegou a R$ 5,3245. Veja mais cotações.

Nesta terça-feira, o Banco Central fez a rolagem de US$ 11,8 bilhões em swaps cambiais tradicionais (que funcionam como venda de dólar no mercado futuro) que vencem em 4 de janeiro de 2021, o equivalente a 235.950 contratos, destacou a Reuters.

Maia: eleição privilegiou diálogo no lugar da radicalização

Maia: eleição privilegiou diálogo no lugar da radicalização

Por aqui, o foco segue nos resultados do primeiro turno das eleições municipais, realizadas neste domingo e expectativa de retomada da pauta econômica no Congresso Nacional.

A pauta fiscal tem dominado o radar dos investidores locais em meio a temores de que o governo fure seu teto de gastos ao tentar conciliar o financiamento de um novo pacote de auxílio a um Orçamento apertado para 2021.

A Instituição Fiscal Independente (IFI), órgão ligado ao Senado, prevê uma retomada “lenta” da economia e um “risco elevado” de rompimento do teto de gastos em 2021. De acordo com o diretor-executivo do órgão, Felipe Salto, o Brasil só deve retornar ao patamar econômico registrado antes da pandemia do coronavírus daqui a dois anos, em 2022.

No exterior, os mercados tinham um sessão de correção após salto da véspera impulsionado pelas notícias encorajadoras sobre uma vacina para a Covid-19. A farmacêutica Moderna afirmou que sua vacina experimental é 94,5% eficaz, com base em dados preliminares de um estudo clínico em estágio avançado.

“Embora os desenvolvimentos de vacinas tenham sido incrivelmente positivos, os mercados ainda têm um lado de ‘mostre-me a logística'”, escreveu em nota Jim Reid, estrategista do Deutsche Bank.

Assista às últimas notícias de economia

Variação do dólar em 2020 — Foto: G1



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui