Crise atinge de forma mais intensa faturamento de empresários negros, diz pesquisa do Sebrae | PME

0
15


Os impactos da pandemia de Covid-19 estão atingindo mais o faturamento dos empresários negros, mostra uma pesquisa do Sebrae, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

De acordo com o levantamento feito na última semana de fevereiro, com mais de 6,2 mil donos de micro e pequenas empresas de todo o país, uma maior proporção dos negócios liderados por negros sofreu redução no faturamento mensal (entre os negros 81% e, no geral, 79%).

A pesquisa também revelou que os empreendedores negros apresentam um nível de inadimplência maior (40%) que o conjunto dos empresários (34%) e uma maior dificuldade para conseguir crédito.

Entre os empreendedores negros 33% dos que pediram empréstimo conseguiram o crédito, na média geral o índice é de 39%.

Um levantamento semelhante, realizado no final de setembro do ano passado, havia identificado que 76% dos empresários negros haviam registrado diminuição do faturamento contra 73% dos empreendedores brancos.

Quanto ao nível de inadimplência, a comparação entre as duas pesquisas (de 2020 e 2021) mostra que houve um aumento do nível de inadimplência para os dois grupos de empresários, porém com uma situação pior para os negros.

A pesquisa de 2020 havia identificado que 36% dos empresários negros tinham dívidas em atraso, enquanto entre os brancos o percentual era de 27%.

Quanto ao acesso a crédito a situação era igualmente desvantajosa para negros em setembro de 2020, quando 12% deles conseguiram crédito contra 18% dos empresários brancos.

VÍDEOS: mulheres empreendedoras que inspiram



Fonte: G1