Criação de vagas de trabalho nos EUA fica abaixo do esperado em novembro | Economia

0
18


A economia dos Estados Unidos criou o menor número de vagas de trabalho em seis meses em novembro, diante do ressurgimento de casos de Covid-19, o que, com a falta de mais alívio do governo, ameaça reverter a recuperação da recessão.

Os EUA fizeram 245 mil contratações no mês passado, depois de 610 mil em outubro, informou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira (4).

Foi menor abertura líquida desde que a recuperação dos empregos começou em maio. O quinto mês seguido de desaceleração deixou o nível de emprego bem abaixo do pico de fevereiro.

Já a taxa de desemprego recuou de 6,9% para 6,7% em um mês. Embora o índice tenha atingindo o menor patamar desde que a pandemia pulverizou o mercado de trabalho, ainda há 10,7 milhões de desempregados no país, aos quais se somam pessoas que pararam de procurar uma vaga.

Taxa de desemprego nos EUA — Foto: Economia G1

O relatório de emprego cobriu apenas as duas primeiras semanas de novembro, quando a atual onda de infecções por coronavírus começou.

As taxas de infecção, hospitalização e mortes dispararam, levando alguns economistas a esperar queda no emprego em dezembro ou janeiro diante da imposição de restrições a empresas e consumidores.

Economistas consultados pela Reuters projetavam abertura líquida de 469 mil postos de trabalho em novembro.

EUA registram maior número de mortes em 24 horas desde o início da pandemia

EUA registram maior número de mortes em 24 horas desde o início da pandemia

Vídeos: veja as últimas notícias de economia



Fonte: G1