Conheça as razões que podem te excluir

0
13


O auxílio emergencial é um recurso criado para socorrer as famílias que foram afetadas pela pandemia do novo coronavírus, bem como trabalhadores que perderam emprego e renda.

Leia também: Auxílio Emergencial: Governo cogita benefício permanente

Recentemente, o Governo Federal cortou o auxílio emergencial de um milhão de beneficiários. A medida faz parte da reanálise cadastral que ocorre todos os meses e confere as informações dos cidadãos em diferentes bancos de dados.

Conforme o Executivo, as suspensões de pagamentos do auxílio emergencial foram realizadas pela Controladoria-Geral da União (CGU), Caixa Econômica Federal e a Dataprev. Dessa maneira, atualmente, o programa está contemplando 39,3 milhões de famílias.

Auxílio Emergencial

Critérios para 2021

Ser trabalhador informal; ou

Beneficiário do Bolsa Família;

Ter renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300);

Ter renda familiar per capita mensal de até meio salário mínimo (R$ 550);

Ter recebido o auxílio emergencial no ano passado.

Motivos que levam ao cancelamento do auxílio emergencial

Quem foi contratado com carteira assinada após a liberação do auxílio;

Cidadãos que recebem o seguro-desemprego, benefícios previdenciários ou repasses assistenciais do governo;

Morte do beneficiário;

Recebimento de pensão;

Prisão do beneficiário;

  • Militares ou requerentes de classe média.

Contestação do auxílio emergencial bloqueado ou cancelado

Informe o número do CPF, nome completo, nome da mãe completo e a data de nascimento (caso não tenha no registro o nome da mãe, basta marcar na opção “Mãe desconhecida”);

Clique em “ENVIAR”;

Ao entrar no sistema, basta clicar na opção “Solicitar contestação”.

Valor do auxílio emergencial 2021

R$ 150 para pessoas que moram sozinhas;

R$ 250 para famílias compostas por 2 ou mais membros;

R$ 375 para famílias chefiadas por mães solteiras.

  • Calendário 4ª parcela do auxílio emergencial

Fonte: Caixa Econômica Federal

Parcelas

De acordo com o ministério da Cidadania, o valor da parcela é depositado na conta Poupança Social Digital e pode ser usada para compras e pagamentos, de forma on-line e presencial. Para isso, basta usar o cartão de débito virtual disponível no aplicativo Caixa TEM.

Para fazer pagamentos diretamente no estabelecimento físico será preciso ler o QR Code gerado na maquininha. Após a liberação do saque, os clientes também podem fazer transferências bancárias para qualquer instituição financeira sem nenhuma cobrança.

Caixa Tem

Também informou que o Caixa TEM possui um limite diário de transferência de R$ 1.200,00 e mensal de R$ 5.000,00. Os clientes também podem usar o PIX para transferências e pagamentos. A ferramenta desenvolvida pelo Banco Central permite pagamentos instantâneos.

É possível fazer um PIX todos os dias e horas do ano, inclusive nos fins de semana e feriados. A única exceção é para transferências de contas da mesma titularidade.

Segundo o Banco Central essa é uma forma de garantir a segurança dos beneficiários, para que esses não tenham dívidas descontadas do auxílio emergencial.



Fonte: R7