Compra da Futura Trading pela Wine é aprovada pelo Cade | Economia

0
17


Uma operação que consiste na aquisição pela empresa brasileira Wine da totalidade da participação societária da Futura Trading recebeu parecer favorável da Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A Wine atua principalmente por meio de comércio eletrônico e de lojas físicas de vinhos com foco em vendas para o consumidor final. Ela opera de forma residual e comercializa acessórios para degustação e produtos gourmet, tais como azeites, molhos, geleias e condimentos.

Já a Futura Trading atua no ramo de importação, comercialização atacadista e varejista e distribuição principalmente de vinhos com foco no segmento “business to business” por meio de representantes de vendas.

Integrantes dessas empresas alegaram ao órgão antitruste que essa operação deve envolver os setores de vinhos finos, de champagnes e de azeites de oliva destinados ao mercado brasileiro. Diante disso, o órgão antitruste analisou os impactos desse negócio na competitividade com outras companhias e identificou que essa operação envolve menos de 20% deste setor. Isso porque a única outra empresa do grupo Wine, a Bodegas, não importa os vinhos que comercializa.

Já em relação ao segmento de comercialização varejista de azeites de oliva a participação dessas empresas envolve menos de 10% deste setor.

“A operação não suscita preocupações no tocante à possível integração vertical entre comercialização no atacado e varejo, pois ambas as partes importam a maior parte dos vinhos que elas comercializam”, disse a Superintendência.



Fonte:G1