Como funcionam os jogos em Blockchain

0
20


Os jogos estão inseridos em nossa realidade, portanto, conseguiram garantir a consolidação de uma extensa indústria virtual, extremamente lucrativa, onde seus desenvolvedores estão, a todo momento, em busca de novas atualizações, cuja finalidade é destacarem-se nesse mercado promissor.

Com o advento dos computadores, surgiu também a possibilidade da formulação de “jogos” em linguagens de programação da época. Dessa forma, a abertura do mercado de jogos iniciou em 1962, com Espacewar, um jogo de espaçonaves, simples e inovador, produzido para dois jogadores, cujo objetivo era destruir a nave do oponente.

SpaceWar em um computador da época.
SpaceWar em um computador da época.

Jogos em BlockChain

A partir do surgimento da blockchain, conseguimos mudar a maneira como utilizamos certos meios, surgindo uma disrupção dos jogos tradicionais.

A nossa vida alterou em mais de uma maneira, com isso, avistou-se a possibilidade de jogos em criptografia, conhecidos como “play-to-earn”.

Por mais que a possibilidade de jogar e ainda ganhar dinheiro seja ótima, a realidade é que ainda existem problemas a serem resolvidos para que, assim, realmente compitam no comércio tradicional de jogos.

Aba inicial da plataforma Cryptokitties.
Aba inicial da plataforma Cryptokitties.

O CryptoKitties foi o primeiro jogo realmente conhecido no mercado, com uma jogabilidade em que os usuários poderiam ter, trocar e criar seus “gatinhos”, sendo esses os únicos acessórios do jogo.

Os resultados disso são: uma geração de pessoas utilizando esse novo mercado para comercializar domínios de uma obra, havendo propriedade e trocas voluntárias entre indivíduos, como no caso acima, para ter o domínio sobre sua carta.

O que é o NFT?

Os NFT’s, são bem utilizados nos jogos em blockchain, a sua sigla significa non-fungible token, ou seja, é um token não fungível.

Trata-se de uma tecnologia que permite validar e adquirir a propriedade de ativos digitais. Ou seja, significa ser um ativo único e um grande  exemplo disso são obras de arte. 

Pois, mesmo existindo a possibilidade de reprodução da imagem, em xícaras, panos de prato, camisetas, dentre outros, a pintura de Michelangelo, A Criação de Adão, tem um papel ÚNICO no processo histórico, sendo assim, um ativo não fungível, diferente de qualquer replicação como gravura.

“A criação de Adão” localiza-se no sexto trecho da abóbada da Capela Sistina.
“A criação de Adão” localiza-se no sexto trecho da abóbada da Capela Sistina.

Por outro lado, existe uma diferença fundamental entre token não fungível e criptomoeda. Em economia, um ativo fungível é o dinheiro (criptomoeda), pois existe a unidade de ser facilmente trocado e ter vários pares idênticos, como inúmeras notas de 2 reais. 

Com isso, observa-se nos jogos em blockchain a possibilidade da permanência de domínio por uma peça (token não fungível), seja ela nos jogos, em formato de arte, ou até mesmo em ingressos. Além disso, cria uma taxa de público investidor especulativo, pois utilizam compras na tentativa de vender por um valor acima do que adquiriram. 

Vantagens e Desvantagens de jogos em NFT

Dessa forma, os jogos em NFT são bem populares no momento. Entretanto, possuem vantagens e desvantagens que serão descritas a seguir:

Vantagens:

Certos indivíduos gostam do poder da exclusividade sobre um determinado produto, não à toa existem cartas de RPG com valores catastróficos no mercado. Um exemplo são as cartas de pokémon, como o Charizard vendido por 311.800 dólares.

Esse é o cerne da questão, visto que o preço das cartas de RPG não estão ligados ao valor intrínseco, mas ao valor que um determinado grupo de pessoas atribuem querendo ter a carta original, sendo um ativo único e colecionável, por mais que seja facilmente replicável. 

1° Edição da carta do Charivari é uma das cartas mais raras do mundo.
1° Edição da carta do Charivari é uma das cartas mais raras do mundo.

Como os tokens de negociação são não fungíveis, dado que são baseados em blockchain, eles não podem ser alterados e nem apagados, trazendo um valor único para os jogos, pois permite a autenticidade em cada ativo adquirido nos jogos. 

Desvantagens:

Atualmente, tudo o que está relacionado a jogos em NFT parece ser perfeito, mas existem desvantagens a serem pontuadas.

  • Especulação sobre oferta e demanda.

Por ser um mercado novo e em crescimento, cada aporte ainda é um princípio de expectativa de que novos indivíduos darão um preço acima do que você anteriormente deu, comprando na esperança da valorização do ativo. 

Um exemplo prático é o jogo CryptoKitties, citado anteriormente,  em que um grande número de jogadores, que chegaram durante o estágio de crescimento explosivo, gerou um elevado número de gatinhos num curto espaço de tempo. 

No dia 4 de dezembro de 2017, o número excedeu significativamente a quantidade de cartas vendidas diariamente, que resultaram em poucos gatinhos restantes à venda. 

Com isso criou uma intensificação de competição entre os compradores do jogo, havendo assim uma diminuição de vendas bem-sucedidas no dia, pois os vendedores estavam sempre prolongando a venda, esperando mais valorização ou um preço acima da média em que não haviam compradores disponíveis para comprar. 

Gráfico que pode observar a oferta e demanda (A). A proporção de venda bem-sucedida (B).
Gráfico que pode observar a oferta e demanda (A). A proporção de venda bem-sucedida (B).

  • Os ativos podem ser copiados

A existência de um ativo digital o faz único na blockchain, tal como a obra Monalisa, a qual há apenas uma versão pioneira e definitiva, no entanto, de forma alguma isso inibe inúmeras réplicas no mercado. 

Para alguns, os ativos digitais têm um valor equivalente a obras de artes físicas, importando somente a obra original e todo seu valor conferido por conta do criador, relevância histórica e atributos estéticos. Portanto, os ativos digitais são facilmente replicáveis, em formato idêntico ao original, mudando apenas o domínio.

Futuro dos jogos em NFT

Assim, o mercado atual, como descrito, ainda é embrionário em relação aos jogos tradicionais, visto que é recente e tem muito a desbravar. Entretanto, boa parte dos investimentos iniciais requerem um custo alto e boa parte entra nos jogos não pelo comum, de se divertir/competir, mas com a expectativa de bons lucros, realmente especulando ganhar criptomoedas ou negociar o NFT em um preço acima do comprado inicialmente.

O modelo atual não é tão divertido como os jogos mainstream, havendo a diferença de que os jogos em blockchain também requerem certos conhecimentos, como: configurar uma carteira, armazenar as criptomoedas, trocar e vender (comercializar). 

Até que haja tal compreensão popular, requer um tempo, por isso é bem incerto como tudo irá se desenrolar. O mercado é tido como revolucionário pelo modelo play-to-earn, por isso, é necessário cautela de quem estiver adentrado neste novo cenário. 





Fonte: R7