Com recorde, VBP da Agropecuária deve atingir R$ 1,150 trilhão em 2023


As estimativas do Valor Bruto de Produção (VBP) da Agropecuária, com base nos dados de setembro, mostram que devem atingir R$ 1,150 trilhão em 2023.

O valor representa um crescimento de 2,7% em relação ao obtido em 2022, que ficou em R$ 1,120 trilhão. Sendo assim, em valores simbolizam um acréscimo de 30 bilhões.

VBP da Agropecuária deve bater novo recorde

Plantação de banana
Dentre os diversos produtos que apresentaram crescimento significativo está a banana. Foto: Envato

Conforme o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), o valor atingido pelo VBP representa um recorde da série histórica iniciada há 34 anos.

Com o cenário favorável, as lavouras apresentaram um crescimento de 4,8% e tiveram um faturamento de R$ 812 bilhões. Já pecuária, houve retratação de 2,2% e registrou faturamento de R$ 337,8 bilhões.

A safra recorde de grãos deste ano foi o que motivou o setor a conquistar esses resultados. Dentre os diversos produtos que apresentaram crescimento significativo, está o amendoim, com aumento real de 13,5%, o arroz (14,4%), banana (17,5%), cacau (17,3%), cana-de-açúcar (16,5%), feijão (4,9%), laranja (16,8%), mandioca (39,7%) soja (3,1%), milho (2,3%), tomate (25,5%) e a uva com (13,7%).

O coordenador geral de Planos e Cenários da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura e Pecuária, José Gasques, afirma que o aumento do VBP da Agropecuária também ocorreu devido aos preços e aos volumes exportados.

Produtos com contribuição negativa

Plantação de algodão
Algodão foi um dos produtos que apresentam resultado negativo. Foto: Envato

Alguns produtos apresentaram contribuição negativa para o setor, dentre eles estão o algodão, batata inglesa, café e trigo, no qual todos ele os preços mais baixos em 2023 são a principal causa do seu desempenho, sendo acompanhados pela retração da carne de frango e carne bovina. Em contrapartida, na pecuária, os suínos, ovos e leite, têm tido desempenho favorável.

Ao todo, cinco produtos respondem por 82,0% do VBP das lavouras que também apresentam melhor desempenho, sendo a soja, milho, cana-de-açúcar, café e algodão, sendo assim, representando R$ 665,2 bilhões no Valor da Produção Agropecuária.

O ministério ainda mostra a liderança dos estados, sendo o de Mato Grosso, seguido por Paraná, São Paulo e Minas Gerais. Estes geram um faturamento de R$ 592,6 bilhões, que corresponde a 51,5 % do VBP do país.



Portal Agro2