Com pandemia, impostômetro vai registrar primeira queda anual em arrecadação | Economia

0
21


O impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) vai registrar este ano a primeira queda anual desde a sua criação, em 2005.

A previsão da entidade é que o país termine o ano com uma redução de 17,85% na cobrança de tributos municipais, estaduais e federais. Até 31 de janeiro (23h59), os cofres públicos devem receber mais de R$ 2,057 trilhões.

De acordo com a ACSP, a redução está relacionada à crise causada pela Covid-19 que impactou todas as atividades de trabalho — com destaque para os setores de comércio e serviços, que correspondem a mais de 70% dos empregos gerados no país.

“Em 2021, o país deve capitalizar mais contribuições. Além de as atividades – principalmente as de serviços e do varejo – não estarem mais tão restritivas em seu funcionamento quanto estavam no pico da pandemia, na metade deste ano [2020], o poder público também se mexeu para arrecadar mais”, avaliou a entidade.

Vídeos: últimas notícias de economia



Fonte: G1