Coca-Cola anuncia reestruturação e corte de 4 mil empregos

0
9



Programa de desligamento voluntário será oferecido nos EUA, Canadá e Porto Rico. Empresa informou, no entanto, que um programa similar será oferecido em ‘muitos países’. A Coca-Cola disse nesta sexta-feira (28) que cortará quase pela metade suas instalações operacionais e oferecerá demissão voluntária a 4.000 funcionários, nos Estados Unidos, Canadá e Porto Rico, conforme a maior fabricante de bebidas do mundo lida com o impacto da pandemia de Covid-19 em suas vendas.
Embora os 4 mil cortes se refiram a esses três locais, a empresa também informou que um programa similar de demissão voluntária será oferecido “em muitos países internacionalmente”, sem especificar quais.
A Coca-Cola também cortará cargos, mas não forneceu detalhes sobre os números totais dos cortes planejados da força de trabalho. O programa global de redução de pessoal deve ter um custo entre US$ 350 milhões e US$ 550 milhões.
Logotipo Coca-Cola
Jakub Porzycki/NurPhoto via AFP/Arquivo
A empresa disse que vai manter nove instalações operacionais em quatro regiões, junto com investimentos globais e locais de engarrafamento, em comparação com seu modelo atual, que inclui 17 instalações.
A Coca-Cola reportou no mês passado uma queda de 28% nas vendas no trimestre “mais desafiador” do ano, devido ao fechamento de restaurantes, cinemas e arenas esportivas provocado pelo coronavírus.


Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui