CNC revisa para baixo previsão de aumento nas vendas de Natal; data deve movimentar R$ 65 bilhões | Economia

Na análise regional, os Estados de São Paulo (R$ 22,19 bilhões), Minas Gerais (R$ 5,59 bilhões) e Rio de Janeiro (R$ 5,56 bilhões) devem responder por mais da metade (51,3%) da movimentação financeira prevista para o Natal 2022, segundo o IBGE. Já Distrito Federal e Rio Grande do Sul devem ser as unidades da federação com alta mais intensa das vendas, de 6,8% e 6,2%, respectivamente.

Fonte: Portal G1