Chocolates Kinder sofrem ‘recall’ na Europa após casos de salmonela | Economia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Dezenas de casos de salmonelose foram detectados na Europa. As suspeitas do foco de contaminação convergem para os produtos de chocolate Kinder fabricados na Bélgica, o que levou à sua retirada dos mercados por parte do fabricante Ferrero.

Foi solicitada a devolução dos produtos Kinder produzidos nas fábricas de Arlon, na Bélgica, os quais eram comercializados na França, na Bélgica, no Reino Unido, na Irlanda do Norte, na Alemanha e na Suécia, anunciou a marca Ferrero nesta terça-feira (5).

No Reino Unido, foram registrados 63 casos de contaminação por salmonela, disse à AFP uma porta-voz das autoridades sanitárias britânicas.

Segundo a agência Reuters, o afeta os ovos Kinder Surprise simples e múltiplos, doce popular comercializado para crianças que contém pequenos brinquedos colecionáveis ​​dentro de uma casquinha de chocolate.

Na França, 21 pacientes foram informados pelo Centro Nacional de Referência de Salmonela do Instituto Pasteur e, deste, 15 relataram terem consumido os produtos Kinder em questão, segundo o órgão nacional responsável pela saúde pública. A idade média dos casos é de 4 anos.

As intoxicações alimentares causadas por salmonela causam transtornos gastrointestinais, com frequência acompanhados de febre nas 48 horas seguintes ao consumo.



Fonte: G1