China remove TripAdvisor e mais de 100 aplicativos de lojas do país | Tecnologia

0
20


A China removeu 105 aplicativos, incluindo o da norte-americana TripAdvisor, das lojas de downloads das plataformas do país.

Os apps foram banidos como parte de uma campanha do governo para proibir conteúdos que considera relacionados à pornografia, prostituição, apostas e violência, disse a agência Reuters.

A Administração do Ciberespaço da China, órgão que faz a moderação, disse em comunicado em seu site na terça-feira (8) que os aplicativos violaram leis da internet, sem especificar a regra violada por cada aplicativo.

De acordo com a a BBC, a maioria dos aplicativos banidos são chineses, apesar de o gigante americano das viagens estar presenta na lista.

A escritório da TripAdvisor em Pequim não respondeu em um primeiro momento às questões da agência Reuters sobre o tema.

O órgão chinês disse que continuará a regulamentar os aplicativos e remover aqueles que violassem a lei.

Batalha contra o TikTok nos EUA

Em meio a proibição do TripAdvisor na China, a novela sobre o aplicativo chinês TikTok segue nos Estados Unidos há pelo menos 4 meses.

Sob pressão do governo dos EUA, a ByteDance está em negociações há meses para finalizar um acordo com o Walmart e a Oracle para transferir os ativos da TikTok nos EUA para uma nova entidade.

O presidente norte-americano acusa o aplicativo de compartilhar informações dos usuários com Pequim, algo que a ByteDance nega.

Entenda a polêmica do TikTok nos EUA

Conheça o TikTok, o app que incomoda Donald Trump

Conheça o TikTok, o app que incomoda Donald Trump

Conheça a história do TikTok

TikTok: o aplicativo chinês que conquistou milhões de usuários

TikTok: o aplicativo chinês que conquistou milhões de usuários

Veja os vídeos mais assistidos do G1



Fonte: G1