Campinas registra queda de 69,5% no número de vagas de emprego oferecidas entre janeiro e março | Concursos e emprego em Campinas e região

0
14


Campinas (SP) registrou queda de 69,5% na oferta de vagas de empregos no Centro Público de Apoio ao Trabalhador (CPAT) nos três primeiros meses do ano. O número de oportunidades em janeiro foi de 628, contra 191 em março. Uma das justificativas para essa redução é o agravamento da pandemia de Covid-19 na região.

Oferta de vagas no CPAT em 2021

  • Janeiro: 628
  • Fevereiro: 213
  • Março: 191
  • Queda de 69,5% entre janeiro e março

Pedreiro, Altair Coelho da Silva trabalhou por quatro anos em uma empresa de construção, mas precisou dar entrada no seguro-desemprego nesta segunda-feira. Ele tem feito “bicos” e espera conseguir uma oportunidade com carteira assinada. Veja mais relatos de quem busca emprego no vídeo acima.

“Quando a pandemia deu uma maneirada, o negócio começou a dar uma engrenada. Mas, parece que voltou novamente e deu uma fracassada”, conta.

Profissional busca vaga de emprego no CPAT em Campinas durante a quarentena — Foto: Reprodução/EPTV

A cidade passa pela fase mais restritiva, a emergencial do Plano São Paulo. A etapa entrou em vigor em 18 de março e entre as restrições estão toque de recolher, impedimento de atendimento presencial e limite no horário de entregas. O endurecimento das regras se deve ao aumento de casos, internações e mortes na cidade.

Desde o inicio da pandemia, foram 81.941 casos positivados do coronavírus em Campinas. O alto número de óbitos na cidade também preocupa, são 2.428.

O mês de abril também começou com poucas opções de contratação para os profissionais que buscam uma colocação. No início da manhã eram apenas sete vagas no CPAT. Um levantamento feito pelo G1 junto às prefeituras apontou 247 vagas em sete cidades. Veja a lista completa de cargos por município.

VÍDEOS: veja tudo sobre a região de Campinas



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui