Caixa retoma liberação do saque da 6ª parcela; veja quem recebe – Notícias

0
20



A Caixa retoma nesta sexta-feira (8) a liberação do saque em dinheiro da sexta e penúltima parcela do auxílio emergencial. Os trabalhadores informais nascidos em maio e inscritos por meios digitais ou CadÚnico poderão resgatar o valor, que já havia sido depositado em conta digital.


Leia também: Governo notifica mais 627 mil para devolver auxílio emergencial


O calendário de saque continua na semana que vem, com exceção de terça, feriado de 12 de outubro, e vai até o dia 19. Já o pagamento em depósito da sétima e última parcela começará no dia 20 e prosseguirá até 31 de outubro, com resgate em dinheiro no período de 1º a 19 de novembro.


Os integrantes do Bolsa Família recebem o auxílio conforme o calendário habitual do programa. A sétima e última parcela será paga de 18 a 29 de outubro.


Veja quem recebe nas próximas datas


Saque da 6ª parcela


Nascidos em janeiro: 4/10

Nascidos em fevereiro e março: 5/10

Nascidos em abril: 6/10
Nascidos em maio: 8/10

Nascidos em junho: 11/10

Nascidos em julho: 13/10

Nascidos em agosto: 14/10

Nascidos em setembro: 15/10

Nascidos em outubro: 18/10

Nascidos em novembro e dezembro: 19/10


Depósito da 7ª parcela


Nascidos em janeiro: 20/10

Nascidos em fevereiro: 21/10

Nascidos em março: 22/10

Nascidos em abril: 23/10

Nascidos em maio: 23/10

Nascidos em junho: 26/10

Nascidos em julho: 27/10

Nascidos em agosto: 28/10

Nascidos em setembro: 29/10

Nascidos em outubro: 30/10

Nascidos em novembro: 30/10

Nascidos em dezembro: 31/10


Saque da 7ª parcela


Nascidos em janeiro: 1º/11

Nascidos em fevereiro: 3/11

Nascidos em março: 4/11

Nascidos em abril: 5/11

Nascidos em maio: 9/11

Nascidos em junho: 10/11

Nascidos em julho: 11/11

Nascidos em agosto: 12/11

Nascidos em setembro: 16/11

Nascidos em outubro: 17/11

Nascidos em novembro: 18/11

Nascidos em dezembro: 19/11


7ª parcela para o Bolsa Família


Final do NIS 1: 18/10

Final do NIS 2: 19/10

Final do NIS 3: 20/10

Final do NIS 4: 21/10

Final do NIS 5: 22/10

Final do NIS 6: 25/10

Final do NIS 7: 26/10

Final do NIS 8: 27/10

Final do NIS 9: 28/10

Final do NIS 0: 29/10



Parcelas extras


O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender a população de baixa renda afetada pela pandemia. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1.200 para mães chefes de família e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada uma. Ao todo, pagou R$ 293,1 bilhões a quase 68 milhões de pessoas.


Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante sete meses, tem parcelas de R$ 250, mas mulheres chefes de família recebem R$ 375 e pessoas que moram sozinhas, R$ 150. O número previsto de pessoas atendidas era de 39 milhões, mas na última etapa foi de 35,5 milhões.


O programa terminaria com a quarta parcela, depositada em julho e sacada em agosto, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores. A intenção do Ministério da Cidadania é, a partir de novembro, começar o pagamento do programa Auxílio Brasil, que substituirá o Bolsa Família, com valor maior e com mais beneficiados. O governo federal já investiu R$ 52,4 bilhões no auxílio emergencial em 2021.




Fonte: R7