Caixa começa a pagar abono salarial em poupança social digital | Economia

0
29


A Caixa Econômica Federal fará o pagamento do abono salarial PIS 2020-2021 a partir do dia 8 de dezembro por meio da poupança social digital para os trabalhadores que não têm outro tipo de conta corrente ou poupança no banco. O Pasep (destinado a servidores públicos) é pago por meio do Banco do Brasil.

As contas digitais serão abertas de forma automática e gratuita para o recebimento do benefício, sem a necessidade de apresentação de documentos nem comparecimento à agência. Os trabalhadores poderão movimentar os recursos por meio do aplicativo Caixa Tem.

Para quem já tem conta na Caixa, os créditos serão realizados nas contas existentes e os valores poderão ser movimentados com a utilização do cartão da conta ou pelo internet banking e app da Caixa.

Nos casos em que o abono salarial não possa ser creditado em conta existente ou na poupança social digital, o trabalhador poderá realizar o saque com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, lotéricas, nos correspondentes Caixa Aqui e nas agências.

Popularizada com o pagamento do Auxílio Emergencial, a poupança social digital também virou o caminho para pagamento do Bolsa Família. A partir deste mês, os beneficiários do programa passarão a receber o benefício por meio da poupança.

Segundo a Caixa, a conta permitirá aos beneficiários movimentar os recursos sem necessidade de saque integral das parcelas. O banco esclarece, no entanto, que continuará sendo possível sacar o dinheiro usando o Cartão Bolsa Família ou o Cartão Cidadão.

Como funciona a poupança digital

A movimentação da poupança social digital é feita pelo aplicativo Caixa Tem, com limite mensal de R$ 5 mil. O trabalhador pode realizar compras em estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code, por meio de maquininhas de cartão, e pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo.

Os saques podem ser realizados nos terminais de autoatendimento, lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui a partir da geração de token diretamente no app Caixa Tem. O token também pode ser gerado nas agências, com a apresentação de documento de identificação com foto.

Como usar o cartão de débito virtual

Como fazer pagamento em maquininhas

  • Baixe e entre no aplicativo
  • Selecione a opção ‘Pague na maquininha’
  • A câmera do celular deve ser acionada automaticamente. Use para ler o QR Code gerado na maquininha

Começam a receber o abono salarial pela poupança social digital em 8 de dezembro os trabalhadores nascidos entre julho e novembro que têm direito ao benefício mas ainda não sacaram e os que tiveram as declarações da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS/eSocial) ano-base 2019 entregues fora do prazo ou retificadas pelos empregadores, conforme calendário de pagamento.

Os beneficiários que são correntistas da Caixa nascidos entre julho e dezembro já receberam o benefício por meio de crédito em conta no dia 30 de junho.

Cerca de 2 milhões de trabalhadores que não realizaram o saque do calendário anterior (Abono salarial 2019-2020), finalizado em 29 de maio deste ano, ainda podem sacar os valores. O prazo vai até 30 de junho de 2021.

A partir do dia 15 de dezembro, começa o pagamento do abono salarial PIS-Pasep 2020-2021 para os trabalhadores que fazem aniversário em dezembro, seguindo o calendário oficial de pagamentos, baseado no mês de nascimento. Confira, a seguir, o cronograma completo:

Calendário de pagamento do PIS — Foto: Reprodução

Tem direito ao Abono Salarial 2020/2021 o trabalhador inscrito no PIS há pelo menos cinco anos, que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2019, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos, e que tenha os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Recebem o benefício na Caixa os trabalhadores vinculados a entidades e empresas privadas. As pessoas que trabalham no setor público têm inscrição Pasep e recebem o benefício no Banco do Brasil.

O valor do abono salarial varia de R$ 88 a R$ 1.045, de acordo com a quantidade de meses trabalhados durante o ano-base 2019. Em todo o calendário, a Caixa irá disponibilizar R$ 15,8 bilhões para 20,5 milhões de trabalhadores. O saque pode ser realizado até 30 de junho de 2021.

Assista a mais notícias de Economia:



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui