Brasileiros dizem que país deve ter indústria forte e que setor precisa de apoio, diz estudo | Economia

0
9


Os brasileiros acreditam que o país deve ter como prioridade uma indústria forte e que o setor precisa de apoio e é importante na criação de empregos.

Os dados integram uma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional Indústria (CNI) nesta quarta-feira (17). Os principais pontos do levantamento são:

  • 97% da população avalia que, para a economia do Brasil crescer, é necessário que a indústria também cresça; e
  • 94% dos entrevistados concordam totalmente ou em parte que o Brasil precisa investir mais em sua indústria.

O levantamento da CNI ouviu 2 mil pessoas entre os dias 5 e 8 de dezembro do ano passado. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

A pesquisa apontou que, na avaliação da população, a indústria segue como o setor mais importante para o crescimento do país, embora essa percepção tenha recuado nos últimos anos.

Em 2020, 24% dos entrevistados classificaram a indústria como o setor mais importante para o crescimento, seguida pela agricultura, citada por 22%. Em 2014, essa relação era de 33% e 17%, respectivamente.

Setores mais importantes para a economia — Foto: Economia G1

O levantamento mostrou que os brasileiros reconhecem a dificuldade da indústria. Segundo a CNI, 85% dos entrevistados concordam totalmente ou em parte que a indústria brasileira enfrenta custos elevados.

A pesquisa capturou ainda que 79% da população concorda totalmente ou em parte que o setor industrial brasileiro prejudicado pela concorrência com produtos importados.

“Apesar de reconhecer os problemas enfrentados pela Indústria brasileira, 68% concordam totalmente ou em parte que a Indústria brasileira é capaz de concorrer com as de outros países. Em 2014, 71% concordavam total ou parcialmente com essa afirmativa, de modo que se verifica uma oscilação para baixo, mas dentro da margem de erro da pesquisa”, destacou o estudo da CNI.

A pesquisa também relevou que a indústria aparece na segunda posição (16%) como o setor preferido para iniciar a carreira. A liderança é do comércio (22%).

Em 2014, a liderança era da indústria (23%), seguida pela administração pública (18%).

Setor preferido para iniciar a carreira profissional — Foto: Economia G1

Vídeos: Últimas notícias de economia



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui