Bolsas da China fecham em baixa após resultado do PIB abaixo do esperado | Economia

0
13


As ações da China reverteram seus ganhos anteriores para fechar em baixa nesta segunda-feira (19), pressionadas por empresas industriais e de saúde depois que o país relatou um crescimento do PIB mais fraco do que o previsto para o terceiro trimestre.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,8%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,7%. Os índices haviam saltado 1,2% e 1%, respectivamente, antes de mudar de curso.

Por outro lado, o Hang Seng, referência da Bolsa de Hong Kong, terminou o dia em alta de 0,64%. O Nikkei, da Bolsa de Tóquio, subiu 1,11% e o Kospi, da Bolsa de Seul, avançou 0,22%.

PIB e produção industrial

O PIB da China cresceu 4,9% no período de julho a setembro em relação ao ano anterior, mostraram dados oficiais, abaixo da mediana de 5,2% prevista por analistas em uma pesquisa da Reuters e após um crescimento de 3,2% no segundo trimestre.

Veja as cotações e fechamento das principais bolsas da Ásia

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei subiu 1,11%, a 23.671,13 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,64%, a 24.542 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,71%, a 3.312 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,76%, a 4.755 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,22%, a 2.346 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,24%, a 12.908 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,42%, a 2.543 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,85%, a 6.229 pontos.

PIB da China cresce 4,9% no 3º trimestre de 2020 na comparação com o mesmo período de 2019

PIB da China cresce 4,9% no 3º trimestre de 2020 na comparação com o mesmo período de 2019

Vídeos: veja últimas notícias de Economia no Brasil e no mundo



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui