Biden promete fortalecer planos de pensões em busca de votos em Ohio

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Por Nandita Bose

CLEVELAND (Reuters) – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, apresentou planos para aumentar as pensões de milhões de cidadãos em uma visita a Ohio em busca de votos da classe trabalhadora, frustrada pela inflação.

“Nós vimos o risco que milhões de trabalhadores correm, vendo as pensões pelas quais tanto trabalharam se transformando em promessas quebradas. Vimos antes da pandemia e na crise econômica que a seguiu milhões de aposentados correndo o risco de perder a segurança para a aposentadoria, sem ter nenhuma culpa”, disse Biden a sindicalistas em Cleveland.

Embora as regiões urbanas de Ohio sejam a favor dos democratas, de Biden, o presidente tem tentado atrair votos nas áreas rurais, dominadas pelos republicanos, com várias visitas e acenos a trabalhadores sindicalizados o Estado.

A viagem desta quarta-feira foi a sua quarta a Ohio como presidente.

Biden prometeu resgatar as pensões dos trabalhadores, de motoristas de caminhão a músicos, durante a campanha.

Como parte de uma lei de alívio de Covid-19, chamada de Plano de Resgate Americano, a Casa Branca e os democratas garantiram assistência financeira a fundos de pensão para múltiplos empregadores nos primeiros meses do governo Biden.

A projeção é que os fundos, criados por meio de acordos entre empregadores e sindicatos, se tornem insolventes em 2026. O financiamento proposto manteriam-nos solventes até 2051.

(Reportagem de Nandita Bose, em Washington, e Jeff Mason em Ohio)








Fonte: Mix Vale