BHP tem produção anual de minério de ferro próxima ao patamar superior de guidance

0
10


(Reuters) – A BHP reportou nesta segunda-feira uma produção anual de minério de ferro próxima ao patamar superior de suas estimativas, graças à produção recorde em duas minas na Austrália Ocidental.

Apesar disso, a maior mineradora do mundo listada em bolsa registrou uma queda de produção de 4% no quarto trimestre de seu ano fiscal, em comparação com igual período do ano anterior.

A BHP atingiu produção recorde na mina de Jimblebar e na Área de Mineração C, na região de Pilbara, em momento de alta nos preços do minério de ferro, impulsionados pela firme demanda chinesa e problemas de oferta no Brasil.

As cotações elevadas da commodity devem levar a BHP a reportar um forte lucro anual em agosto, ao lado das rivais Rio Tinto e Fortescue Metals Group.

O projeto de South Flank, de 3,6 bilhões de dólares, produziu seu primeiro minério de ferro em maio –é esperado que, eventualmente, ele atinja produção de 80 milhões de toneladas por ano. Em conjunto com a Área de Mineração C, o ativo formará o maior centro operacional de minério de ferro do mundo, produzindo 145 milhões de toneladas por ano.

A mineradora produziu 284,1 milhões de toneladas da matéria-prima siderúrgica na Austrália Ocidental no ano fiscal de 2021, e espera registrar produção de 278 milhões a 288 milhões de toneladas em 2022.

No quarto trimestre fiscal, a produção foi de 72,8 milhões de toneladas, uma queda em relação aos 76 milhões registrados no mesmo momento do ano passado.

(Reportagem de Nikhil Kurian Nainan, em Bengaluru)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6I148-BASEIMAGE










Fonte: Mix Vale