Bezerra de vaca mais cara do mundo é leiloada por R$ 3 milhões


Com o objetivo de arrecadar fundos para vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul, uma bezerra da vaca mais cara do mundo, a Viatina, foi leiloada por R$ 3 milhões. O leilão ocorreu nesta quarta-feira (15), foram ofertas 100 cotas de R$ 30 mil. A expectativa é de que a bezerra, que está sendo gestada por uma “barriga de aluguel”, nasça em dezembro.

O valor de R$ 3 milhões foi ofertado pelo Condomínio Família Nelorista, formado por uma série de pecuaristas e empresas do setor, e será pago em 30 parcelas de R$ 100 mil (entrada + 29 prestações). A prenhez foi oferecida pela Casa Branca Agropastoril, Agropecuária Napemo e Nelore HRO, que compartilham a posse da vaca.

Bezerra de vaca mais cara do mundo é leiloada por R$ 3 milhõesBezerra de vaca mais cara do mundo é leiloada por R$ 3 milhões
O valor arrecadado será para vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Divulgação/Secom

A venda ocorreu no 1º Leilão Agro Solidário, realizado pelo Programa Leilões e Parceria Leilões. Durante o evento outras prenhezes de outras vacas foram leiloadas.

Viatina-19: Vaca mais cara do mundo

Bezerra de vaca mais cara do mundo é leiloada por R$ 3 milhõesBezerra de vaca mais cara do mundo é leiloada por R$ 3 milhões
A venda ocorreu no 1º Leilão Agro Solidário, realizado pelo Programa Leilões e Parceria Leilões. Foto: Divulgação

Viatina-19 entrou para o Guinness, o livro dos recordes, como a vaca mais valiosa do mundo após um terço de seus direitos ser leiloado em 16 de junho do ano passado em Arandu (SP) por R$ 6,993 milhões. Isso sugere que o valor total da vaca pode atingir aproximadamente R$ 21 milhões (R$ 21,72 milhões, ajustados pela inflação). A última coleta de óvulos do animal, destinada à seleção de embriões, foi vendida por R$ 1,5 milhão.

“Viatina-19 é o maior fenômeno da história do nelore. O Brasil possui o maior rebanho do mundo e é o maior exportador de proteína animal”, afirmou Galvão Bueno ao abrir o leilão.

Animais como Viatina-19 são extremamente valorizados no mercado devido à sua consistência genética, pedigree renomado e características produtivas que se refletem no campo. Os valores arrecadados serão direcionados ao Instituto Desenvolve Pecuária, no Rio Grande do Sul. Os leilões de gado de elite têm crescido de forma significativa nos últimos anos no Brasil.



Portal Agro2