BC vê 'retomada robusta' da economia no 2º semestre com vacinação e indica alta no juro

0
9



Informações constam na ata da última reunião do Copom, realizada na semana passada, quando a taxa básica de juros da economia avançou para 3,5% ao ano. BC sinalizou que taxa Selic deve subir para 4,25% ao ano em meados de junho. O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central avaliou nesta terça-feira (11) que a despeito da intensidade da segunda onda da pandemia ter sido maior que a esperada, o segundo semestre do ano deve mostrar uma “retomada robusta da atividade, na medida em que os efeitos da vacinação sejam sentidos de forma mais abrangente”.
A informação consta na ata de sua última reunião, realizada na semana passada, quando a taxa básica de juros da economia avançou de 2,75% para 3,5% ao ano por conta das pressões inflacionárias.
De acordo com o BC, a pandemia produziu efeitos heterogêneos sobre os setores econômicos. “Enquanto o setor de bens opera com baixa ociosidade, o setor de serviços mostra dificuldades para se recuperar”, avaliou.
O Copom avaliou, ainda, que os dados de atividade e do mercado de trabalho formal sugerem que a “ociosidade da economia como um todo se reduziu mais rapidamente que o previsto, apesar do aumento da taxa do desemprego”.



Fonte: G1