Balança comercial fecha 2020 com superávit de US$ 50,9 bilhões, maior que o de 2019 | Economia

0
25


A balança comercial brasileira registrou superávit de U$ 50,995 bilhões em 2020, informou o Ministério da Economia nesta segunda-feira (4). O valor é superior ao saldo de 2019, quando a balança teve superávit de US$ 48,036 bilhões.

No somatório do ano, as exportações atingiram US$ 209,921 bilhões e as importações, US$ 158,926 bilhões. Considerando a média diária, o Brasil exportou 6,1% a menos em 2020 na comparação com 2019, e registrou importações 9,7% menores no período.

O superávit é registrado quando as exportações superam as importações. Quando ocorre o contrário, é registrado déficit comercial.

SALDO DA BALANÇA COMERCIAL

Em US$ bilhões

Fonte: Ministério da Economia

Em dezembro, a balança brasileira registrou déficit de US$ 42 milhões, o que influenciou negativamente no resultado do ano. As exportações somaram US$ 18,365 bilhões e as importações US$ 18,407 bilhões.

Quando se leva em consideração a média por dia útil, as exportações de dezembro registraram queda de 5,3% em relação à dezembro de 2019, já as importações apresentaram alta de 39,9%.

No mês de dezembro, houve queda de 21,4% nas exportações do setor agropecuário e queda de 8,8% nas vendas da indústria extrativa. Já na venda de produtos da indústria de transformação, houve aumento de 0,9%.

Com relação aos produtos agropecuários, o destaque negativo foi a queda de 91,7% na venda de soja. Na indústria extrativa, a maior queda foi na venda de óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos crus – o recuo foi de 57,1%.

Já com relação às importações, houve queda de 9,3% na compra de produtos da indústria agropecuária e de 52,8% nas importações da indústria extrativa. A compra de produtos da indústria de transformação aumentou 49,6%.

Em todo o ano de 2020, houve um aumento de 6% na exportação de produtos agropecuários. As vendas da indústria extrativa, no entanto, caíram 11,3% e as exportações de produtos da indústria de transformação diminuíram 2,7%.

Exportação de carne suína bate recorde em 2020

Exportação de carne suína bate recorde em 2020

Com relação às importações, houve queda na compra de produtos de todos os setores. As importações da indústria extrativa caíram 41,2%, a compra de produtos da indústria de transformação caiu 7,7% e as importações agropecuárias diminuíram 3,9%.

Segundo o secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Lucas Ferraz, o governo prevê nova alta no saldo superavitário da balança comercial para os próximos 12 meses. A previsão é de um superávit de US$ 53 bilhões em 2021.

  • Exportações em 2021: US$ 221,1 bilhões, alta de 5,3%
  • Importações em 2021: US$ 168,1 bilhões, alta de 5,8%
  • Saldo da balança comercial: US$ 53 bilhões, alta de 3,9%
  • Corrente de comércio: US$ 389,2 bilhões, alta de 5,5%

VÍDEOS: tudo sobre economia no Brasil e no mundo



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui