Autônomo e as possibilidades para ter no INSS a Aposentadoria

0
12


Autônomo e as possibilidades para ter no INSS a Aposentadoria Fazer contribuição para autônomo é um processo extremamente importante para quem possui CNPJ.

Quem trabalha por conta própria e precisa ter uma renda mensal quando se aposentar, deve pagar o INSS para a Previdência Social.

Quais são as possibilidades para se aposentar?

Existem duas opções para quem trabalha por conta:

1. Aposentadoria por tempo de serviço ou por idade. Todo mês você paga 20% do seu salário e, quando trabalhar por 35 anos (no caso dos homens) ou 30 anos (no caso das mulheres), pode se aposentar.

Esta opção também permite a aposentadoria de quem completou 65 anos de idade (para homens) ou 60 anos (para mulheres) e fez 180 contribuições para o INSS.

Aqui, a renda recebida será de pelo menos 85% do valor médio entre as 80% maiores contribuições que você fizer. Cada 12 meses a mais que você contribuir além dos 180 meses, você aumenta em 1% sua remuneração, até chegar a 100%.

Assim, se você contribuiu 192 meses, vai receber 86% do valor médio como aposentadoria. Se contribuiu 360 meses vai receber 100% do valor médio

2. Aposentadoria por idade. Neste caso, a contribuição será de 11% do salário mínimo (quase R$ 75) e libera o benefício a quem completou 65 anos de idade (para homens) ou 60 anos (para mulheres) e fez 180 contribuições para o INSS. Aqui, a renda do aposentado será de um salário mínimo. Se você for Microempreender (MEI), as regras são as mesmas, mas a sua contribuição será entre R$ 34,90 e R$ 39,90.

Como funciona o recolhimento da contribuição para autônomo?

Para começar a recolher o pagamento, você deve se inscrever como contribuinte individual no INSS. Faça a inscrição procure uma das agências conveniadas, mas antes agende o atendimento pelo telefone 135. Outro caminho é se inscrever pelo site da Previdência Social.

Como começar a pagar a contribuição para autônomo?

Depois de inscrito no INSS, existem três formas de gerar a Guia da Previdência Social (GPS) para começar a contribuir.

1. Faça pela internet Acesse o site do MEU INSS escolha entre “Contribuintes filiados à Previdência Social antes de 29/11/1999” e “Contribuintes filiados à Previdência Social a partir de 29/11/1999”. Em seguida, preencha as informações que o site pedir, como data (chamado de competência pela Previdência) e valor. Assim que terminar, selecione o botão “gerar GPS” e imprima o documento.

2. Use o internet banking Testamos pelo site do banco Itaú e, nesse caso, o acesso é: pagamentos – impostos e tributos – GPS. Procure no seu internet banking um caminho parecido.3. Escreva à mão Compre o carnê da GPS em uma papelaria.Assim que estiver com a GPS, faça o pagamento no banco, na lotérica ou no internet banking.

Fonte Tudo Sobre INSS, Parceiro Mix Vale









Fonte: R7