Atividade empresarial na zona do euro encolhe em janeiro com lockdowns afetando serviços | Economia

0
10


A atividade econômica na zona do euro encolheu com força em janeiro uma vez que os lockdowns para conter a pandemia de coronavírus afetaram com força o dominante setor de serviços, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

Com locais de lazer e hospedagem forçados a permanecer fechados em grande parte do continente, a pesquisa destaca uma forte contração no setor de serviços mas também mostra que a indústria permaneceu forte já que as fábricas ficaram abertas.

O PMI Composto preliminar do IHS Markit caiu mais ainda abaixo da marca de 50 que separa crescimento de contração, chegando a 47,5 em janeiro de 49,1 em dezembro. Pesquisa da Reuters apontava queda a 47,6.

“Uma recessão de duplo mergulho para a economia da zona do euro está parecendo cada vez mais inevitável já que as restrições mais rigorosas devido à Covid-19 afetaram ainda mais as empresas em janeiro”, disse Chris Williamson, economista-chefe do IHS Markit.

O PMI do setor de serviços caiu a 45,0 de 46,4, mas acima da expectativa em pesquisa da Reuters de 44,5 e bem longe de mínimas históricas vistas no início da pandemia.

Com a atividade ainda em declínio, as empresas de serviços foram forçadas a cortar seus preços e o subíndice de preços cobrados caiu a 46,9 de 48,4, nível mais baixo desde junho.

A atividade industrial permaneceu forte e o PMI do setor ficou em 54,7, acima da marca de 50 mas mais fraco do que os 55,2 de dezembro. A expectativa em pesquisa da Reuters era de 54,5.

O subíndice de produção caiu a 54,5 de 56,3.

Europa pede testes e quarentena para viajantes de área de alto contágio

Europa pede testes e quarentena para viajantes de área de alto contágio

Vídeos: veja mais notícias de economia



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui