Atividade do comércio diminui 1,4% em abril ante março, diz Serasa Experian | Economia

0
9


O segmento de Tecidos, Vestuário, Calçados e Acessórios puxou a baixa geral, com declínio de 18,7%, resultado que revela uma queda em desaceleração para o setor, já que em março o tombo tinha sido de 28,7%. Todos os outros segmentos, exceto Veículos, Motos e Peças, registraram diminuição.

De acordo com o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, o comércio segue refletindo os impactos da pandemia e um novo modelo de consumo, regido pela necessidade.

Na análise anual, abril de 2021 contra abril de 2020, o índice mostra crescimento geral de 27,5%. O destaque fica para o segmento de Móveis, Eletrodomésticos, Eletroeletrônicos e Informática (36,1%). Em ordem decrescente estão, Materiais de Construção (32,9%), Veículos, Motos e Peças (29,5%), Supermercados, Hipermercados, Alimentos e Bebidas (28,1%), Combustíveis e Lubrificantes (5,5%) e Tecidos, Vestuários, Calçados e Acessórios (-5,0%).



Fonte: G1