Aposentado por invalidez que precisa de assistência tem direito a acréscimo de 25% no benefício; veja como pedir | Economia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


O trabalhador aposentado por invalidez que dependa da assistência permanente de outra pessoa para realizar atividades básicas diárias, como se alimentar ou tomar banho, tem direito ao acréscimo de 25% no valor do benefício, diz o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Como solicitar o serviço?

Para fazer o pedido o cidadão deve entrar no site Meu INSS e realizar o cadastro dos documentos. Também é possível ter acesso ao serviço pelo canal de atendimento 135.

Pedido de aposentadoria — Foto: Governo Federal

Após a solicitação da aposentadoria, o segurado passará por uma perícia médica do INSS. Para comprovação da dependência, será necessário algum laudo ou exame para atestar a doença. Em seguida, o resultado será analisado pelo superior da perícia médica que irá dar o resultado.

Como receber a resposta do processo?

  • Meu INSS
  • Clique no botão “Consultar Pedidos”
  • Encontre seu processo na lista
  • Detalhar
  • Encontre seu processo na lista
  • Detalhar

Lista de doenças que dão direito ao acréscimo de 25% da aposentadoria por invalidez

  • Cegueira total
  • Perda de nove ou mais dedos das mãos
  • Paralisia dos dois braços ou pernas
  • Perda das pernas, quando a prótese for impossível
  • Perda de uma das mãos e de dois pés, ainda que a prótese seja possível
  • Perda de um braço e uma perna, quando a prótese for impossível
  • Alteração das faculdades mentais com grave perturbação da vida orgânica e social, ou seja, dificuldade em organizar o pensamento, o raciocínio e a tomada de decisões para fazer as atividades de vida diária e sociais sozinho
  • Doença que deixe a pessoa acamada
  • Incapacidade permanente para as atividades da vida diária



Fonte: G1