América Latina foi região mais afetada pela Covid-19 em 2020 e deve ser também em 2021, prevê Banco Mundial | Economia

0
12


Em coletiva para divulgação do relatório “Renewing with Growth” (Renovando com Crescimento), o economista disse que a região foi mais impactada porque teve de enfrentar um maior tempo de quarentena. Além disso, a segunda onda do vírus e a lentidação para vacinação são os principais percalços para a recuperação dos países.

Segundo a organização, a região da América Latina e Caribe registrou queda de 6,7% em 2020, mas deve crescer 4,4% em 2021, 3%, em 2022, 2,7% em 2023%. O Brasil, por sua vez, teve retração de 4,1% em 2020 e deve crescer 3% em 2021, 2,5% em 2022, 2,3% em 2023.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui