Alto valor do trigo: compradores buscam alternativas

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Com a interrupção de embarques devido a invasão da Ucrânia os importadores estão procurando alternativas.

A exportação do trigo para o Egito feito pela Índia estão em negociações finais e China e Turquia estão negociando possíveis comprar do produto.

A Argélia e a Jordânia que são grandes compradores “continuarão adquirindo trigo porque precisam manter seus estoques” disse o estrategista de agricultura do Commonwealth Bank of Australia, Tobin Gorey.

Na Ucrânia, a previsão para a colheita de trigo de inverno é em julho, porém é impossível que ela saia do campo, assim como as safras de milho e girassol, visto que a guerra causou uma ruptura no transporte, logística e suprimentos e os portos estão parados.

Com a aproximação da temporada do plantio, a oferta dos grãos paralisadas devido a guerra, o aumento da demanda devera aumentar nos EUA, prevê Karl Setzer, analista da AgriVisor LLC.

Outro ponto relevante foi o aumento dos contratos futuros do trigo em 8%, o máximo permitido pela bolsa. Os contratos futuros do milho aumentaram em até 2,9% e a soja teve um avanço de 2,2%.

O vizinho norte-americano, Canadá, contribuirá para aliviar a pressão da oferta e a projeção é que a produção do maior exportador global obtenha uma recuperação após a quebra da safra causada pelo clima seco em 2021.



Fonte: R7