Alpargatas suspende expansão internacional da Osklen por causa da pandemia | Negócios

0
25


A Alpargatas informou nesta quinta-feira (5) que tinha planos de fazer a expansão internacional da marca Osklen, começando neste ano com o lançamento de uma linha de calçados sustentáveis. Mas, por causa da pandemia de covid-19, a companhia suspendeu os planos. “Por causa da covid-19, o plano é concentrar ações no Brasil”, disse o presidente da Alpargatas, Roberto Funari.

Questionado sobre a entrada da Arezzo no segmento de calçados de plástico, Funari disse que considera positiva a entrada de um novo competidor. “O segmento de calçados abertos tem ainda um potencial enorme de crescimento. Toda marca forte e boa que entra ajuda a fazer crescer o bolo”, disse.

Alpargatas é dona das marcas como Havaianas e Osklen — Foto: Darlan Alvarenga/G1

O executivo acrescentou que a Alpargatas, dona também das marcas Havaianas e Dupé, renovou 25% do seu portfólio desde 2018, obtendo com isso aumento de receita e de margens de lucro. A companhia recentemente vendeu a operação de Mizuno no Brasil para a Vulcabras Azaleia, negócio avaliado em aproximadamente R$ 200 milhões.

Funari disse que, com o fim da operação, a empresa vai liberar capital de giro para investir nas suas marcas ícones, além de reduzir sua exposição à variação cambial.

“A parte fabril não foi vendida com a Mizuno e isso vai nos permitir usar essa capacidade industrial para ampliar a capacidade em Havaianas”, afirmou Funari.

A Alpargatas pretende fortalecer a sua atuação no comércio eletrônico, como parte da estratégia de crescimento global acelerado. “O foco no on-line pode ser um catalisador da marca Havaianas no futuro”, afirmou Funari.

No terceiro trimestre, as vendas globais on-line de Havaianas avançaram 168% em comparação com o mesmo intervalo do ano passado. As vendas no site da Havaianas, por sua vez, aumentaram 280% no trimestre. As vendas online da Osklen, por sua vez, cresceram 190% na mesma base de comparação.

No mercado brasileiro, disse Funari, a companhia desenvolve projeto piloto de operação multicanal, com a integração de loja física com o comércio eletrônico. O executivo estima que vai levar de 18 a 24 meses para fazer a integração de todas as lojas de franquia com o comércio eletrônico.

“No momento estamos ajustando sistemas e processos. Em outubro, já conseguimos resultados interessantes”, disse o executivo.

Funari disse que, no mercado internacional, a companhia fez avanços importantes no comércio eletrônico da região Ásia Pacífico. A Alpargatas também investiu em eventos on-line internacionais que alavancam as vendas, como o Prime Day da Amazon, realizado em setembro.

Funari acrescentou que a companhia começou a implantar em suas operações fora do Brasil a sua estratégia de gestão de crescimento de receita, que consiste em concentrar as vendas em produtos de alto giro e margens altas de lucro e fazer uma análise mais aprofundada da distribuição, melhorando o portfólio que é direcionado para cada varejo.

O executivo disse que, graças a essa estratégia, a companhia teve desempenho recorde de vendas no Brasil no terceiro trimestre deste ano, com crescimento de 21% na receita líquida de vendas de Havaianas.

Assista as últimas notícias de economia



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui