70% dos profissionais com mais de 40 anos já sofreram preconceito no mercado de trabalho, mostra pesquisa | Concursos e Emprego

0
17


Pesquisa feita pelo InfoJobs, empresa de tecnologias para recrutamento, mostra que 70,4% dos profissionais com mais de 40 anos entrevistados já sofreram preconceito no mercado de trabalho por conta da idade. O levantamento foi feito em abril e ouviu 4.588 profissionais.

Na percepção de 78,5% dos entrevistados, o mercado não dá as mesmas chances para profissionais com mais de 40 anos, quando comparado aos mais jovens.

Ainda segundo o levantamento, 27,1% acreditam que é preciso estar mais atualizado para competir com as novas gerações e 68,4% alegam que muitas vezes nem isso é suficiente para garantir um emprego.

Outro dado é que 61,1% dos profissionais afirmam que o principal desafio profissional é a falta de oportunidade de trabalho, enquanto outras dificuldades não chegam a 15% das respostas.

“Isso realmente acontece, há menos oportunidades para profissionais mais experientes. É quase como um funil, as opções para cargos iniciais são muito numerosas, enquanto para cargos mais seniores são cada vez menores. Fora que ,quanto mais experiência você tem, mais caro é para uma empresa”, afirma Ana Paula Prado, country manager do InfoJobs.

Questionados sobre o que falta para as empresas contratarem profissionais com mais de 40 anos, 56,2% acreditam que é o reconhecimento do potencial das contratações, enquanto, 30,4% responderam que é necessário romper com preconceitos internos para impulsionar essas contratações.

Segundo a pesquisa, apenas 12,8% das empresas que participaram da pesquisa possuem mais de 50% de funcionários com mais de 40 anos. E 15,2% das empresas têm menos de 5% de empregados com mais de 40. Veja abaixo:

  • 26,6% das empresas: entre 5% e 20% são funcionários com mais de 40
  • 25,1% das empresas: entre 20% e 50% são funcionários com mais de 40
  • 15,2% das empresas: menos de 5% são funcionários com mais de 40
  • 12,8% das empresas: mais de 50% são funcionários com mais de 40
  • 20,3%: não sei

Apesar disso, 99,2% dos perfis de liderança entrevistados acreditam que profissionais com mais de 40 anos agregam no ambiente de trabalho.

“O que acontece é que, mesmo sabendo que esses profissionais vão agregar no dia a dia, muitos recrutadores, e até mesmo empresas, ainda têm em mente que pessoas mais velhas não são mentalmente ágeis, não lidam bem com mudanças e não têm energia, conceitos que estão totalmente ultrapassados e devem ser ressignificados”, completa Ana Paula.

Questionados sobre como podem se destacar no mercado de trabalho, 25,9% responderam que comprometimento é a chave, seguido por maior tempo de experiência e capacidade de adaptação, ambas com 18,1%.



Fonte: G1