ENTREVISTA: Pastora Angela Rosa: “vamos nos unir para tirar Tamoios do fundo do poço”

0
633

A nossa reportagem esteve em Tamoios nessa sexta-feira (03/07) para constatar o abandono do segundo distrito de Cabo Frio, diante de dezenas de denúncias que chegam semanalmente em nossas redes sociais, resolvemos ir ver de perto. O encontramos foi abandono, descaso, desrespeito à lei ambiental, à mobilidade urbana, insegurança, falta de iluminação pública, lixo espalhado, entulho espalhado, equipamentos públicos danificados, mas um povo com muita esperança.

Todas as localidades de Tamoios estão abandonadas – e ficaram mais ainda depois que começou a pandemia do novo coronavírus. A região, que já era esquecida pelo poder público, agora vive na escuridão (literalmente) dos serviços públicos. O pouco que ainda resta de investimentos é direcionado para a região do primeiro distrito. Do lado de lá da ponte, no Grande Jardim e, principalmente em Tamoios, a história é outra: uma história de abandono e sofrimento.

Em Samburá, uma das joias mais belas daquela região, localizada no entorno na Lagoa de Unamar, encontramos a Pastora Ângela Rosa, uma incansável guerreira, líder da Assembleia de Deus, Ministério Manancial, que está há 10 anos na região, sete anos e meio dedicados ao trabalho pastoral. E ela, literalmente, está erguendo a sua igreja com a ajuda da comunidade. Aos poucos a obra (que ainda deve durar mais ou menos três anos) vai tomando forma.

Em cada uma daquelas colunas que sustentarão o novo templo, a esperança de que dias melhores virão. O Ministério da Pastora Ângela Rosa é pulsante naquela comunidade. E com a ajuda dos membros ela consegue arrecadar mantimentos para ajudar as famílias que mais precisam, distribuindo cerca de 30 cestas básicas por mês. “Aqui não negamos ajuda a quem bate na nossa porta. O meu coração sabe onde estão os mais necessitados e muitas das vezes vamos socorrê-los nos rincões mais distantes do distrito”, conta.

A ausência do poder público em Tamoios sempre incomodou a pastora, desde o início das atividades de seu Ministério. Hoje, quase oito anos depois, ela entende que a comunidade não é representada politicamente, e sempre foi usada como moeda de troca de políticos, por isso, a Pastora Ângela Rosa resolveu assumir a responsabilidade de “virar o jogo a favor do povo” e é pré-candidata a vereadora nas eleições desse ano pelo PSD/55.

“O poder público é ausente: não temos um posto de saúde decente, uma escola que atenda todas as nossas necessidades. Não temos creche. Não temos iluminação pública. Aqui na rua, os postes foram colocados pelo proprietário dos lotes e a fiação para a iluminação foi a igreja que bancou. Não temos coleta de lixo feita como deveria. Não temos ruas calçadas, saneamento básico – é tudo sumidouro – não temos transporte público. Só Deus mesmo pra nos dar forças pra continuar lutando”, disse a pastora.

Ela é pré-candidata a vereadora pelo PSD/55, que tem a empresária, gestora pública e gerontóloga (especialista em envelhecimento humano) Cristiane Fernandes (foto), como pré-candidata a prefeita. “Precisamos de uma mulher no comando da cidade. Chega desses aí que já tiveram a sua vez e nada acrescentaram. Eu tenho certeza que com o apoio da população de Tamoios, massivamente, vamos construir uma nova Cabo Frio, sem mais divisões, como irmãos”, concluiu.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para plantaodoslagos@gmail.com

©Plantão dos Lagos
Fonte: Redação / Plantão
Fotos: divulgação