Vídeo mostra pitbulls atacando e matando cadela por fresta de portão no RJ; ‘tentamos salvá-la, mas era tarde demais’, diz tutor | Região dos Lagos

0
195


Moradores de Rio das Ostras, na Baixada Litorânea do Rio, estão assustados depois que pelo menos dois cães da raça pitbull mataram um cachorro no bairro Village, na noite desta terça-feira (12).

Em um vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver os animais atacando um outro cachorro através de uma abertura em um portão. (assista acima)

O g1 conversou com o tutor da cadela morta. Ele preferiu não ser identificado, mas confirmou que o ataque aconteceu por volta das 19h. A família estava dentro de casa, por causa da chuva, quando ouviu os latidos dos cachorros e choro da cadela de estimação.

“Corremos para ver o que tinha acontecido e nos deparamos com ela sendo puxada pela cabeça entre a grade do portão. Desesperada, minha mãe tentou abrir o portão para entender o que estava acontecendo, porém, eu vi que se tratava de 4 pitbulls atacando nossa cadela”.

“Na mesma hora, tentamos salvá-la, mas era tarde demais. Impossível”.

Cadela atacada por pitbulls se chamava Pérola, tinha 2 anos e 7 meses, e estava na família desde os 2 meses de idade — Foto: Reprodução

Ele contou também que os cachorros ainda teriam voltado para tentar atacar o outro cão da família, mas eles conseguiram proteger o animal.

Ainda de acordo com o relato, os vizinhos tentaram jogar objetos nos cães para que eles fossem embora, mas os animais eram violentos e teriam atacado outros animais no mesmo dia na região.

“Esses cães estavam indo de portão em portão para cometer o mesmo ato. A nossa cadela foi a segunda a ser atacada só nessa noite, junto de mais dois cães e um cavalo que também foi morto por eles”.

Até o momento, nenhum responsável pelos cães foi identificado.

A família informou que vai fazer um registro de ocorrência.

O g1 questionou a Polícia Civil se alguém procurou a delegacia para denunciar o caso, e aguarda reposta.

O g1 também entrou em contato com a Polícia Militar para saber se ela foi chamada para atender a ocorrência, mas não teve retorno até a última atualização desta matéria.

Já a Prefeitura de Rio das Ostras informou que uma equipe do Centro de Defesa Ambiental (CDA) recolheu nesta quarta-feira (13), pela manhã, um dos cachorros da raça pitbull e o encaminhou à sede do Programa de Saúde Animal (PSA), no Âncora.

A equipe da Guarda Ambiental segue, neste momento, em busca do outro cão pitbull para captura e recolhimento, segundo o município.

O g1 voltou a questionar o município, agora sobre o número de animais atacados e de cães pitbull soltos, já que segundo o relato das testemunhas, outros dois cães da mesma raça estariam envolvidos no episódio, e pelo menos quatro animais teriam sido vítimas dos ataques.

O município disse, em nota, que a denúncia recebida pelos canais oficiais dão conta de apenas dois cães pitbull, e que seguem apurando a quantidade de animais atacados pelos cachorros.



Fonte: G1