VÍDEO: Cadeirante mostra como é difícil e perigoso passar pela Teixeira e Souza em Cabo Frio

0
258

O Walter Torres, conhecido popularmente em Cabo Frio como “Walter Cadeirante”, um ativista social incansável na luta pela mobilidade urbana e pela acessibilidade no município, que esse ano é pré-candidato a vereador pelo PSD/55, usou as redes sociais para mostrar a dura realidade das pessoas com deficiências da cidade, que precisam se locomover pelas ruas diariamente, muitas das vezes sozinhos.

Ele tomou como exemplo aquela que é uma das mais importantes avenidas que cortam a região central de Cabo Frio: a Teixeira e Souza, em um dos seus trechos mais críticos, na altura do Supermercado Princesa (antigo Só Ofertas), onde o movimento é intenso durante toda a semana, inclusive na quarentena.

Em vídeo de pouco mais de três minutos apenas ele mostrou a difícil rotina de quem tem que acessar as lojas do lado esquerdo daquela avenida, por algum motivo, o que não é muito diferente do que acontece na maioria das ruas da cidade. Trechos em que as caçadas têm menos de um metro de largura, com postes no meio do caminho. Até de uma pessoa em situação de rua ele teve que desviar.

“Segundo o IBGE, cerca de 24% da população brasileira tem algum tipo de deficiência, mas certamente essas pessoas vencem desafios todos os dias ao se locomoverem pela cidade. É por isso que, cada vez mais, as áreas urbanas precisam ter opções de acessibilidade!”, escreveu o Walter Cadeirante no Facebook.

O Walter é militar reformado da marinha do Brasil e era um atleta nato, até quando foi fazer uma cirurgia de varicocele. Nessa cirurgia, por conta de um erro médico acabou vendo sua vida virar de cabeça pra baixo e desde então está cadeirante. Depois ainda teve complicações como problemas no rins e ostomielite grave.

Mas isso não impediu o Walter Cadeirante de ficar parado – apesar de todos os obstáculos que a Prefeitura de Cabo Frio insiste em manter em seu caminho. Ele continua lutando e entende que a cidade precisa ter representantes melhores, por isso resolveu colocar o nome na pré-campanha para vereador esse ano. “Não perdi a alegria de viver! Hoje o meu maior problema é a falta de acessibilidade na cidade! E quero que as futuras gerações não sofram tanto como eu sofri”, disse o pré-candidato a vereador do PSD/55

POPULAÇÃO SE SOLIDARIZA COM A LUTA DELE

Por onde passa, o Walter Cadeirante coleciona amigos, com seu jeito simples, amoroso e com palavras e opiniões firmes. O vídeo que publicou nas redes sociais, rapidamente gerou revolta e apoio de várias pessoas, amigas e anônimas. A também pré-candidata a vereador do PSD/55 de Cabo Frio, que também possui limitações por ser deficiente visual, a Rachel Marques escreveu: “Esse prefeito vai continuar fazendo o que tem feito desde que entrou, ou seja, NADA!”

“Triste realidade. Sociedade pobre, políticos pobres, seres humanos ignorantes! Só lamento achando serem os bons, melhores do que nós”, disse Luh Rodrigues. A Elizângela Vieira escreveu: “Na região do Café dos Trabalhadores não tem nem como pessoas normais passarem pelas calçadas. Os carros ficam na calçada e os pedestres passam no meio da rua um perigo”. Na última semana, um ciclista foi atropela e morto por um ônibus próximo daquele local. “É Walter Cadeirante. Já viu como você vai ter trabalho”, escreveu o Paulo Cezar Bitencourt de Mello.

CRISTIANE FERNANDES DIZ QUE A CIDADE TEM QUE “INCLUIR TODOS E TODAS”

Pré-candidata a prefeita pelo PSD/55 em Cabo Frio, a empresária, gestora pública e gerontóloga (especialista em envelhecimento humano) Cristiane Fernandes (foto) disse que é preciso respeitar a população e conhecer a realidade de casa cidadão. “Enquanto o gestor público não entender que a pessoa com deficiência, o doente, o estudante, a mulher grávida, o desempregado, o idoso, a pessoa em situação de rua etc são SUAS RESPONSABILIDADES vamos ter uma cidade omissa, segregadora e doente, que é o que estamos vivendo há quase 40 anos em Cabo Frio”, disse.

Até o fechamento dessa matéria a Prefeitura de Cabo Frio não havia informado sobre as ações que pretende realizar para melhorar a acessibilidade da cidade como um todo, em especial da Avenida Teixeira e Souza, mostrada na reportagem. Continuamos aguardando pelo plantaodoslagos@gmail.com.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para plantaodoslagos@gmail.com

©Plantão dos Lagos
Fonte: Redação / Plantão
Fotos: divulgação