Vereador de Búzios, RJ, alvo de operação do MPRJ se entregue à polícia | Região dos Lagos

0
12


O vereador de Búzios, na Região dos Lagos do Rio, Lorram Gomes da Silveira (PRTB), de 47 anos, se entregou à polícia nesta sexta-feira (30). Lorram era considerado foragido da Justiça depois de uma operação realizada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro na manhã de quarta-feira (28) contra a falsificação de alvarás.

Ele se entregou na tarde desta sexta, na Delegacia de Homicídios (DHC) da Barra da Tijuca, na capital, e foi encaminhado para o Presídio José Frederico Marques.

De acordo com o MPRJ, Lorram era o alvo principal da operação Plastografos II, que aconteceu na manhã de quarta-feira (28), mas não foi localizado. Segundo as investigações, o vereador teria promovido, constituído, financiado e integrado uma organização criminosa dedicada à prática dos delitos de corrupção passiva, uso de documento falso e estelionato.

O mandado de prisão foi deferido pelo Juízo da 1° Vara da Comarca de Armação dos Búzios. O MPRJ informou que requereu ainda o bloqueio de bens do vereador no valor de aproximadamente R$ 9 milhões.

Na quinta-feira (29), o Portal dos Procurados chegou a divulgar um cartaz para ajudar o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, o Gaeco/MPRJ, com informações que pudessem levar à prisão do vereador.

Ainda na quinta, o MPRJ, por meio da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Armação dos Búzios, se manifestou pela manutenção do mandado de prisão preventiva de Lorram Gomes da Silveira, em resposta ao pedido de revogação formulado pela defesa do vereador. De acordo com o MPRJ, a prisão preventiva do vereador foi decretada como forma de garantia da ordem pública, por força da gravidade concreta dos atos praticados e conveniência da instrução criminal.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui