Uma síndrome de uso excessivo de dispositivos eletrônicos surgiu com o “novo normal”

0
53

Uma síndrome de uso excessivo de dispositivos eletrônicos surgiu com o “novo normal”Com dias um pouco longe do que era o “normal”, os dispositivos eletrônicos estão cada vez mais presentes na nossa rotina. Mas, o que muita gente não se atenta é a importância de manter cuidados com os olhos, ao usar celular e computador. O uso prolongado de eletrônicos pode causar, por exemplo, olho seco. Nesses casos, o piscar dos olhos que normalmente é feito de 10 a 15 vezes por minuto, pode diminuir em até 60%, trazendo desconforto visual.

“O uso constante desses dispositivos pode provocar uma série de sintomas, que são a Síndrome Visual Relacionada a Computadores. Geralmente, os sinais se manifestam pelos olhos vermelhos, ardência, turvação intermitente, dificuldade de foco e cefaleia. Qualquer um está sujeito a esse problema, diante do uso ainda maior dos celulares e computadores neste período”, diz a Oftalmologista Ana Luísa Aleixo. Durante a rotina “em casa”, seja no Home-Office, nas aulas online ou no dia a dia familiar, a sugestão é que o uso dos aparelhos seja suspenso por 5 minutos, a cada hora usada. Colírios lubrificantes, óculos com filtro de luz azul e com grau atualizado, também podem reduzir os sintomas.

“Estudos sugerem que o uso excessivo de eletrônicos esteja associado ao desenvolvimento de miopia em crianças e adolescentes. Por isso é importante haver controle do tempo de uso de telas e estímulo às atividades ao ar livre.” pontua Drª Ana Luísa.

Para quem usa lente de contato, o recomendado neste período é diminuir o tempo de uso das lentes e dar preferência aos óculos. Os óculos agem também como barreira física de proteção contra gotículas. Em caso de graus altos, se não for possível usá-los, é importante ter cuidados de lavar as mãos antes de colocar ou retirar as lentes de contato com água e sabão.

©Plantão dos Lagos
Fonte: Redação / Plantão
Fotos: divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui