Trinta e dois anos depois: por onde andam atores de Fera Radical que sumiram da TV

0
216

A volta à mídia da novela Fera Radical (1988), com sua estreia no catálogo do Globoplay, fará com que telespectadores relembrem vários atores que aparecem nas cenas, mas não dão as caras nos folhetins da Globo há um bom tempo. Alguns continuam atuando em outros lugares, mas outros mudaram bastante os rumos de suas vidas.

Carla Camurati, que disputou o amor do mocinho de Fera Radical com Malu Mader, se afastou totalmente das novelas. Bem-sucedida como diretora de longas, ela hoje está à frente do Festival Internacional de Cinema Infantil.

Já Raul Gazolla, galã da Globo entre as décadas de 1980 e 1990, hoje está mais preocupado com a saúde do que com a estética. Longe das novelas desde 2017, o ator de 64 anos dá dicas de bem-estar após sofrer quatro infartos. Veja por onde andam cinco atores do elenco principal de Fera Radical:

CARLA CAMURATI

Atriz da Globo em 1988, Carla Camurati tem carreira de sucesso como diretora de cinema

Ela fez parte do núcleo principal de Fera Radical no papel de Marília. Naquela época, Carla Camurati já havia começado a se trabalhar como diretora, e seu grande destaque veio com a retomada do cinema nacional, nos anos 1990 – ela foi símbolo desse período com o filme Carlota Joaquina, Princesa do Brazil (1995).

Desde então, continua se dedicando à carreira cinematográfica, também como produtora. Entre 2007 e 2014, foi presidente da Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Em 2019, Carla começou a trabalhar em documentários e recebeu uma homenagem por sua obra no Festival de Cinema de Gramado.

RAUL GAZOLLA

Raul Gazolla foi galã da Globo nos anos 1980 e 1990; hoje, ele fala sobre saúde no Instagram

Também ex-galã da Globo, Raul Gazolla começou a carreira na década de 1980 e foi contratado da emissora até 2005. Em seguida, foi para a Record, onde atuou em dez produções até 2014. Seu último trabalho como ator na TV foi em A Força do Querer (2017), novela que a Globo reprisará após Fina Estampa (2011).

Neste ano, ele revelou que já sofreu quatro infartos e, em suas redes sociais, tem divulgado informações e lives sobre saúde para conscientização de seus seguidores sobre problemas de coração e a importância de levar uma vida saudável.

CLEYDE BLOTA

Cleyde Blota em Fera Radical (1988) e em Torre de Babel (1998), sua última novela na Globo

A Lourdes de Fera Radical fez dezenas de novelas ao longo de 34 anos de carreira na TV. Atuou, por exemplo, em Dancin’ Days (1978), Ti Ti Ti (1895) e Mulheres de Areia (1993). Seu último papel foi como a Josefa de Torre de Babel (1998). Hoje, Cleyde está com 71 anos e aposentada. Mudou-se do Rio de Janeiro para Araruama, na região dos Lagos do Estado. Ela foi casada durante 54 anos com o diretor de novelas da Globo Gonzaga Blota (1928-2017).

REINALDO BRAGA

O ator Reinaldo Braga em Fera Radical e em seu sítio em Petrópolis, onde mora há 18 anos

Ele foi um dos principais galãs da Globo nos anos 1970 e 1980, e em Fera Radical interpretou o peão Vitor. Reinaldo Braga ainda atuou em novelas da própria emissora e também da Record e do SBT, como Amor e Revolução (2011) e Dona Xepa (2013). Seu último trabalho na TV foi Império (2014). Hoje aos 71 anos, o ator vive em uma casa de campo em Petrópolis, interior do Rio de Janeiro.

Em entrevista ao Gshow, Braga contou que até tem vontade de voltar a atuar, mas consegue se manter hoje com pequenos trabalhos como narrador de vídeos para o cinema e o mercado corporativo.

“Estou muito feliz porque gosto desse clima de floresta. Tenho minha horta no quintal de casa e gatinhos soltos pelo terreno. É um momento de relaxamento completo. Sempre fui consciente com o dinheiro e consegui fazer uma reserva. Hoje surgem alguns trabalhos pontuais de narração. O ator sempre faz de tudo um pouco”, declarou ao site de entretenimento da Globo.

ALEXANDRA MARZO

Com promissora carreira de atriz na juventude, Alexandra Marzo não quis seguir na profissão

Filha dos atores Cláudio Marzo (1940-2015) e Betty Faria, Alexandra se destacou em Fera Radical como a personagem Elizabeth. Ela ainda atuou em mais sete novelas depois dessa, como Top Model (1989), Mulheres de Areia (1993) e Suave Veneno (1999), seu último trabalho como atriz na Globo. “Parei porque quis, não queria seguir mais aquela carreira”, disse em entrevista ao jornal O Globo.

Ela passou a se dedicar a cursos de roteiro e agora segue nessa área. “Esse é o meu caminho daqui para frente. Tinha que ler para minha filha e acabei me apaixonando”, publicou a ex-atriz em suas redes sociais.

©Plantão dos Lagos
Fonte: Notícias da TV
Fotos: divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui