STJ nega pedido de “habeas-corpus” da defesa de Glaidson Acacio dos Santos

0
238

STJ nega pedido de “habeas corpos” da defesa de Glaidson Acácio dos SantosO Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou nessa terça-feira (14/09) habeas corpus pedido pela defesa de Glaidson Acácio dos Santos, da GAS Consultoria, preso pela operação Kryptos da Polícia Federal no dia 25 de agosto, na Barra da Tijuca. Na decisão o Desembargador convocado indeferiu liminarmente o Habeas Corpus, cabendo recurso ao Colegiado da Turma. A publicação da decisão deve ser sair nesta quinta-feira (16/09) no Diário Oficial do Poder Judiciário.

A defesa do ex-garçom entrou com um pedido de Habeas Corpus (HC) no Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região. A solicitação de liberdade foi assinada por uma banca de advogados. Também ex-pastor da Igreja Universal, Glaidson está preso e é suspeito de fazer parte de uma organização criminosa que segundo as acusações seria responsável por fraudes bilionárias envolvendo criptomoedas na Região dos Lagos.

Ele é investigado pela Polícia Federal (PF) e Ministério Público Federal (MPF) em um inquérito de lavagem de dinheiro, organização criminosa e crimes contra o sistema financeiro. Após a audiência de custódia, o advogado Thiago Minagé, que defende Glaidson, disse que recebia a decisão da manutenção de sua prisão preventiva “de forma respeitosa”, porém, discorda veementemente de todos os fundamentos utilizados”. Minagé disse que, durante a audiência de custódia, apresentou documentações comprovando que seu cliente não deixaria o país, como salienta a Polícia Federal.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

  • ©Plantão dos Lagos
  • Fonte: Plantão dos Lagos / Jornal Extra
  • Fotos: divulgação