Sede da Comsercaf em Cabo Frio é invadida e depredada por manifestantes

0
3713

Sede da Comsercaf em Cabo Frio é invadida e depredada por manifestantesNa tarde desta quinta-feira (29/10) a sede da Comsercaf foi invadida e depredada por ex-funcionários. O grupo quebrou o portão do pátio, jogou bombas artesanais na tentativa de quebrar as portas de blindex da sede administrativa e agrediu funcionários. A Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal foram acionadas para conter a ação dos invasores.

A confusão aconteceu após uma reunião da presidência com representantes dos ex-funcionários. O corpo jurídico da Comsercaf irá registrar uma ocorrência policial. Também será solicitada uma medida de afastamento para que os invasores não cheguem a menos de 200 metros da autarquia. Além disso, será pedida a permanência de uma viatura da Polícia Militar na sede da companhia.

Em outubro, a Comsercaf contratou a empresa Ecomix Gestão e Planejamento LTDA para a prestação de serviços especializados de limpeza. A medida cumpre recomendações do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e teve a chancela do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ).  O certame ocorreu na modalidade de Concorrência Pública, categoria mais ampla existente, pois permite a participação de qualquer licitante interessado e habilitado, apresentando exigências mais rígidas para a fase de habilitação.

O edital foi publicado em 2018 e passou todo o ano de 2019 sob análise do TCE-RJ, que verificou se o procedimento adotado pela Comsercaf respeitava todos os princípios legais e se o projeto estava tecnicamente condizente. O edital foi liberado para publicação em 20 de fevereiro de 2019, tendo a licitação sido realizada em maio de deste ano. Na reunião que antecedeu os atos de vandalismo foi para tratar o pagamento da rescisão contratual de alguns funcionários, dispensados quando houve a contratação da empresa. Aproximadamente 70% do pessoal foi absorvido pela empresa. A Secretaria de Fazenda esclarece que representantes da categoria serão ouvidos na manhã desta sexta-feira (30/10).

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para plantaodoslagos@gmail.com

©Plantão dos Lagos
Fonte: ASCOM / PMCF
Fotos: divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui