Secretaria de Saúde do Estado investiga quatro casos de hepatite aguda grave em crianças

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro está investigando quatro casos de hepatite aguda grave em crianças no estado. No começo de abril, a Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu um alerta sobre casos registrados na Escócia que o causador da doença era desconhecido.

Dois casos na capital já foram descartados. Até o momento não há nenhum registro confirmado no Estado.

Os casos investigados:

  • dois moradores da capital — uma criança de 4 anos e um bebê de 2 meses;
  • um de Niterói — criança de 3 anos;
  • e um de Araruama — criança de 2 anos.

Desses, três já receberam alta e a criança de 4 anos precisou passar por um transplante.

O caso de um bebê que morreu em Maricá foi descartado.

No início do mês, a SES emitiu um alerta aos 92 municípios do estado com o objetivo de orientar as secretarias municipais sobre a notificação correta dos casos para que possam ser monitorados.

A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ter diversas causas, sendo as mais comuns as infecções pelos vírus tipo A, B e C, além do consumo abusivo de álcool ou outras substâncias tóxicas como medicamentos e drogas.

__________

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

  • ©Plantão dos Lagos
  • Fonte: Portal G1
  • Fotos: divulgação