São Pedro da Aldeia aprova lei que impede posse de agressores de mulheres em cargos públicos

0
32


Vereadores aldeenses aprovam projeto do presidente Denilson Guimarães (SDD) em segunda votação

A Câmara Municipal de São Pedro da Aldeia aprovou por unanimidade, em segunda e última votação, projeto de lei do presidente da casa, Denilson Guimarães, que impede que agressores de mulheres tomem posse em cargos públicos.

“Diante do alto número de registro de agressões às mulheres e pior, de feminicídios, achamos importante criar essa lei no município para aumentar o cerco contra essa prática”, disse Denilson.

Também foi aprovado em segunda votação, projeto de lei do vereador Isaías do Escolar (PROS) que amplia de cinco para oito anos o tempo máximo de uso para ingresso no transporte escolar e para 15 a troca do veículo. ‘Estamos vivendo uma série crise econômica e essa mudança vai aliviar os profissionais desse transporte. Lembrando que são realizadas duas vistorias do Detran todo ano”, justificou o vereador.

Novamente em segunda e última votação, foi aprovado projeto de lei do vereador Cristianey, o Chimbiu (SDD) que inclui auxílio alimentação nos vencimentos de Guardas e Vigilantes Municipais da ativa. O parlamentar justificou seu PL alegando sucessivos plantões desses profissionais e a crise econômica.

Também na sessão desta terça feira (06) foi entregue moção de aplausos à equipe do Projeto Melhor em Casa, da Secretaria de Saúde, e ao cidadão do Alecrim, Marcos Elísio, por projetos esportivos realizados no bairro. Os requerimentos foram do vereador Jean Pierre (PODE).



Fonte: Jornal de Sábado