Recém-nascida internada na UPA de Araruama é transferida para hospital no Rio de Janeiro | Região dos Lagos

0
45


A recém-nascida Pérola Vitória Mendonça Barbosa, de 1 mês e meio de vida, foi transferida na manhã desta segunda-feira (1º) da UPA de Araruama, na Região dos Lagos, para um hospital na cidade do Rio de Janeiro.

Ela estava internada desde sexta-feira (26) na unidade municipal com quadro de reforço respiratório, segundo a unidade. O quadro de saúde dela é estável. Foi realizado um teste para Covid-19 e o resultado foi negativo.

Enquanto aguardava a transferência para algum hospital que pudesse receber a criança neste domingo (28), a mãe do bebê contou ao G1 que passou por momentos de angústia.

“Se acontecer alguma coisa, se ela der algum ataque cardiorrespiratório, aqui não tem estrutura nenhuma pra ela, nenhuma! Já chorei muito. Estou entregando nas mãos de Deus porque tá muito difícil de achar vaga”, disse a mãe de Pérola, Jovana da Silva Mendonça.

A vaga foi autorizada pelo Governo do Estado na manhã desta segunda. De acordo com a Prefeitura, a transferência foi autorizada para o Hospital Universitário Pedro Ernesto.

O município informou que o procedimento não havia sido autorizado antes porque, até então, o bebê não possuía nenhum registro de nascimento, mesmo já tendo 1 mês e meio. Com isso, segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o nome da paciente não podia constar no Sistema de Transferência de Vagas.

Ainda segundo o município, para resolver a situação foi feito um documento provisório para o bebê pela Secretaria Municipal de Saúde de Araruama (cartão do SUS), para que a Secretaria Estadual de Saúde pudesse autorizar a entrada no Sistema.

A avó paterna da criança disse ao G1 que a criança foi levada, primeiramente, até o Hospital Municipal Drª Jaqueline Prates, onde a criança nasceu. Mas a neta logo foi encaminhada pela unidade até a UPA de Araruama.

A Prefeitura informou que o recém-nascido não ficou internado no Hospital Jaqueline Prates porque a unidade é maternidade, para atendimento de gestantes. Por isso, o bebê foi encaminhado para a UPA, que é do tipo 3 e equipada para emergência. E disse ainda que a UPA possui leitos UPG e pediatras 24h.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui