Prolagos vence prêmio nacional de inovação com sistema automatizado

0
121
O desafio diário de consolidar e padronizar os indicadores de todas as áreas da Prolagos para encaminhar aos gestores, que levava até cinco horas, serviu de inspiração para os analistas de Planejamento Juliano Simas e Vitor Heser desenvolverem o Sistema de Planejamento e Controle, ou simplesmente, SisPC, projeto vencedor da categoria Gestão/Controle, do Prêmio Aegea de Eficiência. A solução permitiu que os dois se dedicassem a outros projetos, aumentando a eficiência e produtividades da equipe.
Todos os dados gerados pelos programas de gestão das áreas como ADP, SAP, GSS, SeSuite, Cognos, Golsat, Ticket Log, Ceabs são acessados por um robô, que insere as informações no SisPC, compila em um relatório de acompanhamento de performance e envia para uma lista de e-mails. Ou seja, todos os sistemas de dados utilizados pela unidade agora são integrados em uma plataforma única de consulta, extração e análise de informações, por meio de RPA (Robotic Process Automation | Automação Robótica de Processos). “O SisPC não veio para substituir nenhum programa, na verdade, é a planilha que o gestor já usava, entregando o relatório com rapidez e eficiência”, pontua Vitor, que se destacou nesta edição do Prêmio de Inovação por figurar entre autores no maior número de projetos inscritos.
Outro diferencial da plataforma é que ela retroalimenta os sistemas de origem, inserindo informações de onde as tirou, garantindo a confiabilidade das mesmas. “Com todos os dados em uma única base é possível que todos tenham acesso ao mesmo conteúdo, inclusive, se ele for modificado. O que não acontecia quando as planilhas ficavam em arquivos. Logo, se a base fosse editada, quem tinha recebido a versão anterior não saberia, o que poderia causar conflito de dados”, reforça Vitor, acrescentando que o sistema mantém históricos de alteração e seu autor.
Além de integrar os vários sistemas em uma única solução, o SisPC também permite que as informações sejam cruzadas, facilitando o processo de gestão das áreas, como o acompanhamento do uso da frota, os gastos com combustível e o orçado para o período. Sem o SisPC para acessar todos esses dados seria obrigatório abrir os relatórios da Golsat, Ticket Log e Cognos, por exemplo, e integrar as informações manualmente.
O SisPC pode ser acessada por computadores ou dispositivos móveis. Além disso, a solução, inédita no setor, pode ser replicável em qualquer empresa ou grupo, possibilitando a comparação de performance entre unidades. O desenvolvimento contou ainda com a participação do Coordenador de Operações da Prolagos, Victor Barreto, vencedor da edição 2017, com o projeto “Controladores Fuzzy voltados para a redução de custos operacionais”.
Os autores já se debruçam na versão 2.0 da plataforma, que será capaz de analisar os indicadores e enviar e-mail para as áreas cujo desempenho não estejam dentro da expectativa para que façam os devidos ajustes. “A Plataforma é um braço a mais entre as equipes, a ideia é que ele não substitua as pessoas ou sistemas corporativos já implantados, mas que libere esses profissionais das atividades mecânicas para serem mais analíticos e capazes de desenvolver planos de ações para a melhoria da performance”, finaliza Juliano Simas.
(Fonte: Portal G1)