Presidente da Conmebol diz que Libertadores poderá voltar a ser disputada sem torcida

    9

    Alejandro Domínguez, presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) afirmou, nesta sexta-feira (3), que a Copa Libertadores poderá voltar a ser realizada sem a presença de público. A medida seria uma alternativa durante a pandemia de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus que chegou com força no continente.

    “Acho que as coisas voltarão ao normal, mas isso vai levar tempo. E é claro que quero ver estádios cheios. Mas se a forma de ter o futebol de volta é jogar sem torcedores, então é assim que vamos jogar”, disse, em entrevista à “Agência Reuters”.

    O mandatário, no entanto, reconhece que o retorno da Libertadores só poderia acontecer quando todos os campeonatos locais voltarem a ser disputados. Além disso, Domínguez lembrou que as fronteiras poderão continuar fechadas em países que estão com mais dificuldade para combater o vírus.

    “A Libertadores pode recomeçar quando os campeonatos locais voltarem, embora a capacidade de transporte também seja importante, tendo em vista que a maioria dos países fechou suas fronteiras”, ponderou.

    A Conmebol prolongou a interrupção da Libertadores e da Sul-Americana até o dia 5 de maio. Fora isso, a entidade adiantou o pagamento de parte da premiação, com a intenção de ajudar os clubes durante a crise.


    Fonte: Jovem Pan