Prefeitura de Cabo Frio prepara rede pública de ensino para o retorno gradual das atividades presenciais em agosto

0
15


A secretária de Educação de Cabo Frio, Elicéa da Silveira, reuniu a equipe gestora da pasta, na manhã desta sexta-feira (23), com o objetivo de preparar a rede para o retorno gradual das atividades presenciais nas unidades escolares. As datas para a retomada foram estabelecidas pelo Juízo da 1º Vara Cível de Cabo Frio, em audiência de conciliação entre a Secretaria e o Ministério Público na quinta-feira (22).

O cronograma define o início do retorno presencial no dia 15 de agosto, em 50% das escolas da rede municipal. Em 15 de setembro, 70% das unidades deverão estar aptas para receber os alunos e a retomada em 100% das unidades está marcada para o dia 18 de outubro. A rede conta atualmente com 90 unidades escolares e três CENAPEs (Centro de Atendimento Pedagógico).

As equipes, pedagógica, de engenharia, de nutrição e recursos humanos atuam para que as unidades escolares estejam preparadas para receber os alunos, conforme o bandeiramento sanitário divulgado pelo monitoramento de risco da Secretaria de Estado de Saúde. Em bandeira roxa as escolas permanecem fechadas. Na bandeira vermelha, 30% dos alunos podem estar em sala de aula. Com a bandeira laranja, fica estipulada a taxa de 50%. Na bandeira amarela, será permitida uma capacidade de 70%. Quando houver a bandeira verde, 100% dos estudantes poderão estar nas unidades.

“Estamos correndo contra o tempo para que nenhum prazo estipulado pela Justiça seja perdido e que os estudantes possam retomar às atividades em segurança. Nossa meta é encerrar o ano letivo dentro do ano corrente, sem prejuízos à rede. Minha equipe é competente e está empenhada para resolver todas as demandas mais urgentes relacionadas a serviços de reparo e manutenção, apoio pedagógico e contratação de servidores. A comunidade escolar pode confiar que estamos dando nosso melhor para vencer os desafios”, comentou a secretária de Educação.

A gestão educacional está em fase de finalização das orientações pedagógicas para o sistema híbrido do ano letivo de 2021. O documento final será divulgado para as equipes diretivas. Também está em atualização, com auxílio do Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe), um protocolo formulado pela Secretaria de Saúde, com orientações para o uso de EPIs (equipamentos de proteção individual) e desinfecção do ambiente escolar.

“É um desafio enorme preparar o ambiente escolar para a retomada segura. O guia de orientações está em discussão e tem sido atualizado para que contenha o máximo de informações e auxilie as equipes diretivas nesse retorno. Além disso, estamos ajustando o calendário escolar para garantir o cumprimento da carga horária e entrega adequada dos conteúdos do ano letivo”, explicou a gestora educacional da Secretaria de Educação, Márcia Tardelli.

A secretária adjunta de Educação, Verônica Cardozo explica que as visitas técnicas nas unidades escolares estão ocorrendo. “Já temos um levantamento das unidades que precisam de manutenção e reparo e solicitamos já de imediato que as 46 primeiras escolas que devem estar prontas em 15 de agosto recebam serviço de desinfecção, limpeza, poda e capina”, contou.

O processo seletivo simplificado passará para a fase de convocações, seguida de apresentações de documentos para preenchimento do quadro de servidores nas unidades. “Diante dos novos prazos vamos iniciar as convocações para que não tenhamos déficit de profissionais nesse retorno em 50%. Além disso, no dia 30 de julho tomarão posse 94 servidores aprovados no concurso 2009, que se somarão ao quadro de funcionários da rede”, enfatizou a secretária adjunta de Tecnologia Educacional, Norma Suelli.



Fonte: Fonte Certa